sicnot

Perfil

Cultura

Guitarrista Pedro Jóia atua pela primeira vez na China

O músico Pedro Jóia estreia-se na China, na próxima semana, onde atua no 8.º Festival Juvenil de Artes, em Pequim, anunciou a Fundação Oriente.

O guitarrista Pedro Jóia apresenta-se em trio, com o baixista Norton Daiello e o acordeonista João Frade, nos dias 21 e 22 de agosto.

"Com uma carreira profundamente marcada pela música popular ibérica, Pedro Jóia apresenta uma abordagem inovadora que conjuga fado e flamenco, combinada com a tradição do folclore português", afirma em comunicado a Fundação.

Segundo a mesma fonte, "além de apresentar composições próprias, o alinhamento destes concertos inclui alguns dos mais reconhecidos compositores de fado e música tradicional portuguesa e latina, como Armandinho, Paco de Lucia e Carlos Gardel".

O guitarrista Pedro Jóia atua na capital chinesa, no âmbito de um protocolo estabelecido entre a Fundação Oriente e a China International Culture Association.

O programa que será apresentado pelo músico inclui, entre outras, as peças "Tríptico Carlos Paredes", de Carlos Paredes, "Variações em fado menor", de Pedro Jóia, "Maldito fado", de Armandinho, "Ícaro", de Jóia, "Meditando/Fado Lopes", de Armandinho, "Entre dos águas", de Paco de Lucia.

Pedro Jóia, distinguido em 2008 com o Prémio Carlos Paredes, tem editados, entre outros, os álbuns "Guadiano" (1996), "Sueste" (1999), "Variações sobre Paredes" (2001), "Jacarandá" (2003), disco em que reuniu artistas brasileiros como Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Daniela Mercury, Zeca Baleiro e Zélia Duncan, entre outros, e "À espera de Armandinho", que lhe valeu o galardão.

Do currículo de Pedro Jóia, desde o início da sua formação em guitarra flamenca, destaca-se a direção musical de projetos diversificados, a composição para teatro e a participação em festivais de música e concertos em várias partes do globo -- Cabo Verde, Macau, Marrocos, República Checa, Índia, Brasil, Moçambique, Angola, Costa do Marfim, Finlândia, Holanda, Estados Unidos, Andorra.

Recentemente, realizou um projeto com o fadista Ricardo Ribeiro, que incluiu a interpretação de fados, temas do folclore raiano, tangos e canções flamencas.

O músico é um dos compositores que fazem parte do novo trabalho de Mariza, "Mundo", a editar no próximo dia 09 de outubro.

Lusa

  • Viver em Évora
    5:11
  • Projeto piloto no Porto com o objetivo de detetar Ambliopia em crianças
    1:16

    País

    São resultados que dizem respeito apenas ao Grande Porto, mas que podem dar uma ajuda para traçar o panorama nacional: 13% das crianças que participaram num rastreio à saúde visual tiveram de ser encaminhadas para consultadas da especialidade. O projeto piloto foi implementado em quatro concelhos do norte do país, mas pode ser alargado.