sicnot

Perfil

Cultura

"As Mil e uma Noites: O Desolado" candidato a uma nomeação para os Óscares

O filme "As Mil e Uma Noites, Volume 2: O Desolado", do realizador Miguel Gomes, é o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro, anunciou hoje a Academia Portuguesa de Cinema.

O som e a fúria

De acordo com um comunicado da Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas, aquele filme da trilogia de Miguel Gomes foi escolhido para representar Portugal na categoria de Melhor Filme Estrangeiro nos Óscares da Academia Americana de Cinema.

O Volume 2 conta com as interpretações dos atores Joana de Verona, Teresa Madruga, Gonçalo Waddington, Crista Alfaiate, João Pedro Bénard, Xico Xapas e Luísa Cruz nos papéis principais.

Este filme integra uma trilogia baseada no conto persa "As Mil e Uma Noites", no qual a rainha Xerazade entretém o rei com histórias fantásticas para preservar a própria vida.

"As histórias contadas são sobre um país socialmente desesperado onde predomina o descontentamento. Esse país é Portugal", sublinha o comunicado da Academia sobre o filme.

O júri da Academia que selecionou o filme foi composto por Paulo Trancoso (produtor), Lauro António (realizador), André Szankowski (diretor de fotografia), Pedro Melo (diretor de som) e Miguel Monteiro (ator).

A estreia da longa-metragem de Miguel Gomes "As Mil e Uma Noites, Volume 2: O Desolado", está marcada em Portugal para o dia 24 de setembro.

O primeiro volume de "As mil e uma noites", intitulado "O Inquieto", estreou em Portugal no final de agosto, e somou 3.756 espetadores no fim de semana de estreia.

A 88ª gala de entrega dos Óscares está agendada para o dia 28 de fevereiro de 2016 em Los Angeles, na Califórnia.

Nascido em Lisboa, em 1972, Miguel Gomes concretizou a trilogia "As mil e uma noites" três anos depois de ter sido distinguido no Festival de Cinema de Berlim com os prémios da Inovação e da Crítica pelo filme "Tabu".

Depois disso estreou, no Festival de Veneza, em 2013, a curta-metragem "Redemption", inspirada em personagens da atualidade - os políticos Pedro Passos Coelho, Angela Merkel, Nicolas Sarkozy e Sílvio Berlusconi.

É autor de várias curtas-metragens e das longas-metragens "A cara que mereces" (2004) e "Aquele querido mês de agosto" (2008).

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil de empatar com a Costa Rica já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.