sicnot

Perfil

Cultura

Descoberto monumento neolítico perto de Stonehenge

Um grupo de arqueólogos britânicos descobriu 90 monólitos enterrados junto ao popular Stonehenge, que pode ser o maior monumento neolítico construído no Reino Unido.

Stonehenge Hidden Landscape Project

Os investigadores da Universidade de Bradford localizaram as 90 pedras, alinhadas e de grandes dimensões, algumas com cinco metros, numa construção cinco vezes maior que o Stonehenge.

O monumento pré-histórico Stonehenge é um dos mais visitados do mundo e está localizado no condado de Wiltshire, no sul da Inglaterra.

As novas pedras ficam a menos de três quilómetros de Stonehenge.

A estrutura do Neolítico, que está disposta em forma de C e num vale, tem 4.500 anos e pode ter sido utilizada para ritos religiosos e rituais ao solstício.

Vince Gaffney, perito em ciências arqueológicas e um dos líderes do projeto, disse que foi descoberto um dos maiores monumentos da Europa e que esteve "à frente dos nossos narizes" durante 4.000 anos.

"Acreditamos que era um espaço para rituais de algum tipo", assegurou Gaffney, sublinhando que se tratava de um espaço para impressionar e impor e uma ideia de autoridade a vivos e mortos.

Os investigadores acreditam que o monumento terá sido construído pelas mesmas pessoas que fizeram o Stonehenge, mas não considera existir uma relação direta entre ambos.

Lusa

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.