sicnot

Perfil

Cultura

Novo romance de Harper Lee "Vai e põe uma sentinela" a 21 de outubro em Portugal

O novo romance da escritora norte-americana Harper Lee vai estar à venda em Portugal a partir de 21 de outubro, com o título "Vai e põe uma sentinela", revelou hoje à agência Lusa fonte da Editorial Presença.

© Neil Hall / Reuters

De acordo com a mesma fonte, este segundo romance da autora de "Matar a cotovia" que deu a Harper Lee o Prémio Pulitzer em 1961, estará à venda a partir dessa data em simultâneo em todas as livrarias, físicas e ´online´, e grandes superfícies.

Inserido na coleção Grandes Narrativas da Editorial Presença, o livro - traduzido para o português por Isabel Nunes e Helena Sobral - volta ao personagem principal, Jean Louise Finch, que viaja para Maycomb, a sua cidade natal no Alabama, Estados Unidos, para visitar o pai, Atticus.

A ação de "Vai e põe uma sentinela" decorre durante o turbulento período de meados da década de 1950, quando a nação está dividida em torno das questões raciais.

É então que Jean Louise Finch descobre verdades perturbadoras acerca da família, da cidade e das pessoas de quem gosta, levando-a a um confronto com valores, princípios, e problemas de ordem pessoal e política.

Escrito antes de "Matar a cotovia", o romance inédito de Harper Lee, 88 anos, apresenta muitos dos mesmos personagens desse primeiro romance, mas vinte anos mais velhos.

O manuscrito tinha sido dado como perdido, mas "Go set a watchman" - no original - foi descoberto no ano passado e publicado em inglês a 14 de julho deste ano, ocupando os 1º lugares dos tops nos Estados Unidos e em Inglaterra, indicou a Presença.

Harper Lee nasceu em 1926 em Monroeville, no Alabama, frequentou o Huntingdon College e estudou Direito na Universidade do Alabama.

"Matar a cotovia" - do qual já foram vendidos mais de 30 milhões de exemplares em todo o mundo - foi eleito o Melhor Romance do Século pelo Library Journal, em 1999.

A autora norte-americana foi distinguida com a Medalha Presidencial para a Liberdade, em 1999, pelo seu contributo prestado à literatura.

A Editorial Presença indicou ainda à Lusa que "publicará oportunamente a versão ´ebook´ do livro "Matar a cotovia".

Lusa

  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.