sicnot

Perfil

Cultura

Novo romance de Harper Lee "Vai e põe uma sentinela" a 21 de outubro em Portugal

O novo romance da escritora norte-americana Harper Lee vai estar à venda em Portugal a partir de 21 de outubro, com o título "Vai e põe uma sentinela", revelou hoje à agência Lusa fonte da Editorial Presença.

© Neil Hall / Reuters

De acordo com a mesma fonte, este segundo romance da autora de "Matar a cotovia" que deu a Harper Lee o Prémio Pulitzer em 1961, estará à venda a partir dessa data em simultâneo em todas as livrarias, físicas e ´online´, e grandes superfícies.

Inserido na coleção Grandes Narrativas da Editorial Presença, o livro - traduzido para o português por Isabel Nunes e Helena Sobral - volta ao personagem principal, Jean Louise Finch, que viaja para Maycomb, a sua cidade natal no Alabama, Estados Unidos, para visitar o pai, Atticus.

A ação de "Vai e põe uma sentinela" decorre durante o turbulento período de meados da década de 1950, quando a nação está dividida em torno das questões raciais.

É então que Jean Louise Finch descobre verdades perturbadoras acerca da família, da cidade e das pessoas de quem gosta, levando-a a um confronto com valores, princípios, e problemas de ordem pessoal e política.

Escrito antes de "Matar a cotovia", o romance inédito de Harper Lee, 88 anos, apresenta muitos dos mesmos personagens desse primeiro romance, mas vinte anos mais velhos.

O manuscrito tinha sido dado como perdido, mas "Go set a watchman" - no original - foi descoberto no ano passado e publicado em inglês a 14 de julho deste ano, ocupando os 1º lugares dos tops nos Estados Unidos e em Inglaterra, indicou a Presença.

Harper Lee nasceu em 1926 em Monroeville, no Alabama, frequentou o Huntingdon College e estudou Direito na Universidade do Alabama.

"Matar a cotovia" - do qual já foram vendidos mais de 30 milhões de exemplares em todo o mundo - foi eleito o Melhor Romance do Século pelo Library Journal, em 1999.

A autora norte-americana foi distinguida com a Medalha Presidencial para a Liberdade, em 1999, pelo seu contributo prestado à literatura.

A Editorial Presença indicou ainda à Lusa que "publicará oportunamente a versão ´ebook´ do livro "Matar a cotovia".

Lusa

  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.