sicnot

Perfil

Cultura

Livro com o melhor da arte urbana em Portugal editado esta semana

O livro da editora portuguesa Zest que reúne as melhores obras de arte urbana, maioritariamente de artistas nacionais, pintadas em paredes por todo o país em 2014, chega esta semana às livrarias.

(Fotos cedidas por Câmara Municipal da Amadora)

(Fotos cedidas por Câmara Municipal da Amadora)

"Aqui encontrarão os melhores registos de 2014 da maior parte dos nossos melhores artistas, uma celebração da arte portuguesa onde, por opção nossa, pontuam apenas algumas peças de artistas internacionais", lê-se no prefácio de "Best of Street Art Portugal 2014".

O livro está dividido em quatro secções: Norte e Porto, Centro, Sul e Açores e Região de Lisboa. Ali encontram-se, por exemplo, obras em paredes das Caldas da Rainha, Matosinhos, Golegã, Covilhã, Oliveira do Hospital, Loures, Seixal, Lagos, Cascais e Monte Gordo.

Ao todo, são mais de 200 imagens de quase cem artistas, quase todos portugueses, numa coleção que, segundo a Zest, irá passar a registar a história gráfica da arte de rua em Portugal, apresentando novos e não tão novos artistas.

O livro é "uma homenagem aos artistas portugueses cujas qualidade e quantidade têm vindo a tornar Portugal num dos mais importantes países no que a arte urbana diz respeito".

No final do livro estão os contactos, páginas de Facebook e sites dos artistas cujos trabalhos foram fotografados para esta obra.

Em julho do ano passado, a Zest editou um livro sobre a arte urbana em Lisboa, para pôr os lisboetas, e não só, a andar nas ruas a ver peças de arte.

Para incentivar a população a "andar na rua e ver o que há", o livro vinha acompanhado de um mapa, onde estão assinalados os locais de todas as obras referenciadas.

Lusa

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC