sicnot

Perfil

Cultura

Livro com o melhor da arte urbana em Portugal editado esta semana

O livro da editora portuguesa Zest que reúne as melhores obras de arte urbana, maioritariamente de artistas nacionais, pintadas em paredes por todo o país em 2014, chega esta semana às livrarias.

(Fotos cedidas por Câmara Municipal da Amadora)

(Fotos cedidas por Câmara Municipal da Amadora)

"Aqui encontrarão os melhores registos de 2014 da maior parte dos nossos melhores artistas, uma celebração da arte portuguesa onde, por opção nossa, pontuam apenas algumas peças de artistas internacionais", lê-se no prefácio de "Best of Street Art Portugal 2014".

O livro está dividido em quatro secções: Norte e Porto, Centro, Sul e Açores e Região de Lisboa. Ali encontram-se, por exemplo, obras em paredes das Caldas da Rainha, Matosinhos, Golegã, Covilhã, Oliveira do Hospital, Loures, Seixal, Lagos, Cascais e Monte Gordo.

Ao todo, são mais de 200 imagens de quase cem artistas, quase todos portugueses, numa coleção que, segundo a Zest, irá passar a registar a história gráfica da arte de rua em Portugal, apresentando novos e não tão novos artistas.

O livro é "uma homenagem aos artistas portugueses cujas qualidade e quantidade têm vindo a tornar Portugal num dos mais importantes países no que a arte urbana diz respeito".

No final do livro estão os contactos, páginas de Facebook e sites dos artistas cujos trabalhos foram fotografados para esta obra.

Em julho do ano passado, a Zest editou um livro sobre a arte urbana em Lisboa, para pôr os lisboetas, e não só, a andar nas ruas a ver peças de arte.

Para incentivar a população a "andar na rua e ver o que há", o livro vinha acompanhado de um mapa, onde estão assinalados os locais de todas as obras referenciadas.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Dijsselbloem mostra algum arrependimento mas recusa demitir-se
    2:40

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas escusa-se a comentar essa possibilidade. Para já, o holandês não se demite do cargo. Esta quinta-feira ouviu as críticas dos eurodeputados no Parlamento Europeu.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.