sicnot

Perfil

Cultura

Livro com o melhor da arte urbana em Portugal editado esta semana

O livro da editora portuguesa Zest que reúne as melhores obras de arte urbana, maioritariamente de artistas nacionais, pintadas em paredes por todo o país em 2014, chega esta semana às livrarias.

(Fotos cedidas por Câmara Municipal da Amadora)

(Fotos cedidas por Câmara Municipal da Amadora)

"Aqui encontrarão os melhores registos de 2014 da maior parte dos nossos melhores artistas, uma celebração da arte portuguesa onde, por opção nossa, pontuam apenas algumas peças de artistas internacionais", lê-se no prefácio de "Best of Street Art Portugal 2014".

O livro está dividido em quatro secções: Norte e Porto, Centro, Sul e Açores e Região de Lisboa. Ali encontram-se, por exemplo, obras em paredes das Caldas da Rainha, Matosinhos, Golegã, Covilhã, Oliveira do Hospital, Loures, Seixal, Lagos, Cascais e Monte Gordo.

Ao todo, são mais de 200 imagens de quase cem artistas, quase todos portugueses, numa coleção que, segundo a Zest, irá passar a registar a história gráfica da arte de rua em Portugal, apresentando novos e não tão novos artistas.

O livro é "uma homenagem aos artistas portugueses cujas qualidade e quantidade têm vindo a tornar Portugal num dos mais importantes países no que a arte urbana diz respeito".

No final do livro estão os contactos, páginas de Facebook e sites dos artistas cujos trabalhos foram fotografados para esta obra.

Em julho do ano passado, a Zest editou um livro sobre a arte urbana em Lisboa, para pôr os lisboetas, e não só, a andar nas ruas a ver peças de arte.

Para incentivar a população a "andar na rua e ver o que há", o livro vinha acompanhado de um mapa, onde estão assinalados os locais de todas as obras referenciadas.

Lusa

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.