sicnot

Perfil

Cultura

The Legendary Tigerman fará digressão europeia com Jon Spencer Blues Explosion

O músico português Paulo Furtado, conhecido como The Legendary Tigerman, fará em outubro uma nova digressão pela Europa com o álbum "True", acompanhando na estrada o trio norte-americano Jon Spencer Blues Explosion, foi hoje anunciado.

LUSA

Estão previstos onze concertos, a partir de oito de outubro em Colónia, a primeira de cinco atuações na Alemanha, assim como na Holanda, Dinamarca e Suécia.

O trio nova-iorquino do guitarrista Jon Spencer, que tem afinidades musicais com The Legendary Tigerman, tem andado em digressão com o décimo álbum, "Freedom Tower", editado em março passado.

Paulo Furtado tem tido uma intensa agenda de concertos com o álbum "True", editado em 2014.

Ainda sem final à vista, a digressão conta com mais de 150 atuações na Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia.

"Eu ando num circuito que não é o mesmo da 'world music'. Ando no circuito rock n' roll. Vão desde as 200 às mil pessoas, consoante as cidades. É o espetro para quem eu toco. E é conforme os discos têm melhor ou pior adesão, mas é uma realidade que me deixa muito feliz", afirmou Paulo Furtado à agência Lusa em 2014, quando saiu "True".

Subvertendo a ideia de "homem-orquestra", que se colou ao trabalho do músico, The Legendary Tigerman, intérprete de blues-rock com guitarras elétrica, bombo, pratos, kazoo e pedais, tem andado na estrada acompanhado de Paulo Segadães na bateria e, em alguns casos, com João Cabrita no saxofone.

Este mês, Paulo Furtado assinou ainda a direção musical e arranjos do espetáculo "Baile", de Sara Carinhas e Carla Maciel, que abriu a nova temporada do Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa.

Lusa

  • Presidente da IPSS "O Sonho" garante que vai demitir-se
    0:57

    País

    A PJ de Setúbal fez esta sexta-feira buscas em três instituições de solidariedade social e em casas particulares ligadas à IPSS "O Sonho", por suspeitas de peculato de uso, fraude na obtenção de subsídios e falsificação de documentos. O presidente da associação nega as suspeitas e diz que está de "consciência tranquila". Florival Cardoso, que é o principal visado na investigação, fala sobre uma "caça às bruxas" e garante que vai demitir-se, porque considera que está a ser cometida uma "enorme injustiça".

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00