sicnot

Perfil

Cultura

Netflix em Portugal a 21 de outubro

O Netflix, serviço pago de televisão pela Internet, feito sobretudo de séries e filmes, estará acessível em Portugal a partir de 21 de outubro, anunciou hoje a empresa norte-americana através das redes sociais.

© Mike Blake / Reuters

Através do pagamento de uma mensalidade, o serviço estará disponível nos suportes com ligação à Internet, seja um computador ou um telemóvel, com uma programação que inclui milhares de horas de filmes e séries.

Em Portugal estarão disponíveis, por exemplo, as séries "Narcos", do brasileiro José Padilha, e "Daredevil", de Drew Goddard, ambas desenvolvidas para o Netflix.

O Netflix, um dos maiores serviços mundiais de "streaming" de conteúdos de entretenimento (visualização sem necessidade de descarregamento, ou "download"), está presente em mais de 50 países e conta com mais de 65 milhões de utilizadores.

"Orange is the new black" e "House of Cards", esta já exibida em Portugal noutros canais de distribuição, são duas das séries de ficção de maior sucesso internacional do Netflix.

Perante a entrada do Netflix em Portugal, o grupo Nos lançou este mês o serviço televisivo pago N Play, também disponível em diferentes suportes, com acesso a "um pacote com milhares de filmes, temporadas completas de séries e desenhos animados".

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.