sicnot

Perfil

Cultura

Iniciativas em todo o país assinalam hoje o Dia Mundial da Música

Várias iniciativas em todo o país assinalam hoje o Dia Mundial da Música, tendo a Sociedade Portuguesa de Autores, na sua tradicional mensagem alusiva à efeméride, salientado o papel dos músicos na promoção de Portugal.

© Darrin Zammit Lupi / Reuters

"É importante recordar que, nestes anos de crise, tem sido, em boa parte, a atividade dos músicos, em termos criativos e interpretativos, a promover o nome de Portugal e a mostrar que, por grandes que sejam as carências e a falta de meios financeiros, o talento nunca se deixa silenciar quando há emoções, sentimentos e ideias para partilhar e projetar para o mundo", lê-se na mensagem divulgada.

Em Elvas, no Alto Alentejo, estreia no cineteatro local, o musical "Portugal e o Mundo", sobre os descobrimentos, direcionado para as escolas do concelho, que conta com a participação de professores e alunos do Agrupamento de Escolas Michel Giacometti.

A Câmara e o Teatro Municipal da Guarda comemoram o dia com um espetáculo comunitário, "Sonograma - Dicotomias do Silêncio", que envolve um grupo sénior da cidade, constituído por 12 mulheres e quatro homens, que frequentam o Programa Guarda + 65, que são desafiados a transportar "narrativas sonoras" para o público.

Em Coimbra, a banda Mancines, apresenta hoje, às 21:30, no Teatro Académico de Gil Vicente o seu novo CD inspirado no cinema italiano da década de 1950, como afirma em comunicado.

O CD é "uma viagem sonora, sem guia turístico, às profundezas de um inferno idílico", assim o define a banda formada por Raquel Ralha, Toni Fortuna, Pedro Renato e Gonçalo Rui.

Hoje também chega ao mercado o novo CD do Quarteto Lopes-Graça, criado há dez anos, que contempla a 2.ª parte da Integral Lopes-Graça, que, tal como o primeiro, foi editado pela Toccata Classics.

O CD, que apresenta o Quarteto mais uma vez com Olga Prats, que toca um piano de 1938, inclui as Catorze Anotações, de 1966 e o Quarteto de Cordas n.º 2 de 1982, do compositor falecido em 1994.

A Casa das Artes de Famalicão assinala o dia com a atuação hoje às 21:30 dos The Folga Gaang Project, grupo macaense que apresenta "Picnic in the cemetery", "um espetáculo para descobrir, ou melhor, experimentar, num concerto que é ao mesmo tempo uma performance teatral e uma experiência cinematográfica", segundo nota desta sala minhota.

Em Lisboa, no Museu da Música, Paulo Gaia Lima protagoniza um recital com o violoncelo Stradivarius Chevillard, classificado como "tesouro nacional", que pertenceu rei D. Luís, e que foi construído em 1725

Paulo Gaio Lima apresenta às 18:00 o recital "À volta das Suites de Bach".

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59