sicnot

Perfil

Cultura

Fantasporto do próximo ano já com mais de 550 filmes inscritos

As inscrições de filmes para a 36.ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto Fantasporto terminam no dia 05 de dezembro, mas a organização anunciou hoje já ter recebido 550 entradas.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

LUSA

Em comunicado, a organização revelou que "neste momento já mais de 400 curtas-metragens e 150 longas estão nas mãos do júri de seleção, admitindo-se desde já um programa suculento para 2016".

O festival vai decorrer de 26 de fevereiro a 05 de março e "apresentará ainda uma estrutura mais consistente com os objetivos a atingir, os quais incorporarão a música como principal área de suporte".

"As secções competitivas, Cinema Fantástico, Semana dos Realizadores, Oriente Express e o Prémio de Cinema Português, isto para além das homenagens e retrospetivas constituirão naturalmente o prato forte de mais esta edição do festival", pode ler-se no comunicado.

Além disso, o festival tem também abertos os concursos para criação do 'spot' e do cartaz oficial, tendo como prazo 05 de dezembro e 15 de novembro, respetivamente.

A edição deste ano do Fantasporto, que terminou a 08 de março, premiou a comédia húngara "Liza, A Fada-Raposa", que venceu a secção oficial de Cinema Fantástico, tendo também sido distinguida com o prémio de melhores efeitos especiais.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.