sicnot

Perfil

Cultura

Lisboa Open House abre portas de 70 espaços da capital no fim de semana

O Lisboa Open House regressa hoje e domingo para abrir as portas de 70 espaços de sete zonas da capital, mais de metade em estreia nesta 4.ª edição da iniciativa da Trienal de Arquitetura.

Francisco Seco

Teatros, igrejas, museus, casas privadas, escolas, palácios e alguns espaços habitualmente fechados ao público, vão estar abertos durante este fim de semana, com visitas livres ou guiadas por especialistas.

Em estreia, este ano, estão, entre outros edifícios visitáveis, o Palacete do Relógio, a Ponte 25 de Abril, apartamentos na avenida Defensores de Chaves, a Galeria do Loreto, um atelier na calçada do Correio Velho, o Pavilhão de Exposições do Instituto Superior de Agronomia e a extensão do Oceanário de Lisboa - Edifício do Mar.

Os Terraços do Carmo, a Direção dos Serviços Documentais e Arquivo da Presidência da República, o Atelier-Museu Júlio Pomar, a Garage Filmes e a Central de Recolha Pneumática de Resíduos Urbanos do Parque das Nações são outros dos 70 espaços em estreia nesta edição.

A iniciativa foi lançada em Londres, em 1992, pela arquiteta e curadora britânica Victoria Thornton, para dar a conhecer espaços de valor arquitetónico e cultural de referência a um público alargado, e já passou por cidades como Oslo, Nova Iorque, Roma, Helsínquia, Praga e Buenos Aires.

Esta quarta edição da Lisboa Open House tem como comissário Fernando Sanchez Salvador e a coordenação de Inês Marques.

Lusa

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.