sicnot

Perfil

Cultura

Novela de José Luís Peixoto sobre aparições em Fátima é publicada hoje

A novela "Em teu ventre", de José Luís Peixoto, na qual o autor aborda as aparições em Fátima, em 1917, é publicada hoje.

(Helena Canhoto/joseluispeixoto.blogs.sapo.pt)

(Helena Canhoto/joseluispeixoto.blogs.sapo.pt)

"Abordo um tema que é novo para mim, mas que se relaciona com outros, que tenho aprofundado em diversos livros, que tem a ver com as aparições às três crianças em Fátima, em 1917", disse à Lusa o escritor.

"Este tema, das aparições de 1917, toca algumas questões que já trabalhei noutros livros, mas que aqui me permitiram aprofundar, nomeadamente, a ruralidade, da qual ainda hoje encontramos resquícios, a religiosidade e a espiritualidade, sob o prisma do catolicismo, que está presente noutros livros meus, e ainda uma certa reflexão sobre Portugal, que se coloca muito a pretexto de um tema como este", acrescentou.

Outra tema abordado por esta novela é a família, que já abordou noutros títulos e, "neste caso, na figura da mãe, a mãe de Lúcia [uma das crianças]", figura na qual se centrou o olhar do escritor.

"Centrando-me nessa personagem [Lúcia] convoquei uma série de outras personagens, nomeadamente a sua mãe", explicou.

Do ponto de vista histórico, José Luís Peixoto afirmou que seguiu criteriosamente os factos e procurou ser "meticuloso" nas referências que faz, tendo consultado vasta bibliografia.

O escritor visitou Fátima, nomeadamente as casas onde viveram as crianças, tendo levado "cerca de um ano a escrever o livro", que terminou "há pouco tempo".

"Esta novela, efetivamente, segue um acontecimento histórico e o que está escrito é a descrição daqueles seis meses em que aconteceram as aparições, entre maio e outubro de 1917, embora seja sempre uma interpretação", adiantou à Lusa.

Lusa

  • Sérgio Godinho, José Luís Peixoto, Mário Patrocínio e HMB
    52:44

    Autores Fora D'Horas

    O Autores Fora D'Horas desta 6ª feira, dia 17, contou com a presença de José Luís Peixoto, que acaba de lançar o seu novo livro «Galveias», Sérgio Godinho, que se estreia na ficção literária, com o livro «Vida Dupla», e Mário Patrocínio, que depois de ter vivido nas favelas do Rio de Janeiro, apresenta agora uma viagem ao kuduro, com o filme «I love Kuduro». Ao vivo, os HMB, que lançam o seu novo álbum a 7 de novembro.

  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira