sicnot

Perfil

Cultura

Presença histórica dos portugueses em Macau "é fascinante", diz Robert De Niro

O ator norte-americano Robert De Niro considerou hoje "fascinante" a presença histórica dos portugueses em Macau, numa conferência de imprensa com outras estrelas de cinema que participam num filme promocional do novo casino do território.

Roberto De Niro (dir.) com o milionário australiano James Packer dono Melco Crown Entertainment, na conferência de imprensa da curta-metragem "The Audition" .

Roberto De Niro (dir.) com o milionário australiano James Packer dono Melco Crown Entertainment, na conferência de imprensa da curta-metragem "The Audition" .

© Tyrone Siu / Reuters

"É fascinante. Os portugueses vieram para cá há 500 anos", afirmou o ator norte-americano quando questionado sobre o que pensa de Macau.

O filme "The Audition", realizado por Martin Scorsese e produzido por Brett Ratner, é uma das atrações na inauguração, hoje, do "Studio City", o novo empreendimento da Melco Crown Entertainment em Macau, que também inclui um concerto de Mariah Carey.

Robert De Niro, que até hoje "só tinha estado um dia em Macau, no empreendimento 'City Of Dreams'", também da Melco Crown Crown, é uma das estrelas do elenco do "The Audition", a par de Leonardo Di Caprio e Brad Pitt. Este último, é o único dos três atores ausente na estreia do filme em Macau.

Também Martin Scorcese destacou "a arquitetura do Macau antigo" e o papel da cidade como "ponte entre o Oriente e o Ocidente".

"Percebi a dimensão da presença de Portugal e Espanha", disse Scorcese.

O realizador falou também das filmagens para o novo filme "Silence", que segundo o Internet Movie Database (IMDB) aborda a missão jesuíta enviada para o Japão no século XVII e é inspirado no romance de ficção histórica do autor japonês Shusaku Endo.

A história do filme também está ligada à presença dos jesuítas em Macau: "Começámos a filmar em Taipé em fevereiro e recreámos o Macau de 1640", disse Scorcese.

Já Leonardo DiCaprio destacou a possibilidade que esta curta-metragem de 16 minutos lhe deu de trabalhar com dois grandes nomes de Hollywood: De Niro e Scorsese.

"Estes dois homens são os meus pais no mundo do cinema(...). Contracenar com Bob [De Niro] e ser dirigido por Scorsese foi um pedaço do céu para mim como ator", afirmou.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano