sicnot

Perfil

Cultura

Realizador norte-americano quer fazer filme em Portugal

O realizador norte-americano David Gordon Green, um dos convidados do Lisbon & Estoril Film Festival (LEFF), manifestou hoje o desejo de rodar um filme em Portugal com um elenco português.

David Gordon Green manifestou hoje o desejo realizar um filme em Portugal com um elenco português.

David Gordon Green manifestou hoje o desejo realizar um filme em Portugal com um elenco português.

© Mario Anzuoni / Reuters

Na nona edição do LEFF, o realizador de "Our brand is crisis", filme de abertura hoje exibido do Casino do Estoril, disse à Lusa que foi o ator português Joaquim de Almeida, um dos protagonistas do seu filme, um dos motivos que o levou a estar presente no evento.

"O Joaquim faz-me rir muito. Um dos motivos por que aqui estou é porque estamos a pensar fazer um filme aqui em Portugal, com ele e um elenco português, o que me deixa muito entusiasmado", afirmou David Gordon Green.

Sobre o Lisbon & Estoril Film Festival, o realizador disse esperar "aprender" e falar com quem faz parte do cinema.

"Espero aproveitar o facto de haver muitos realizadores e muitos filmes em cena que eu quero ver e ser também capaz de fazer uma retrospetiva da minha carreira, o que é muito estranho de fazer a esta altura da minha vida", acrescentou.

Na sua primeira vez em Portugal, o realizador, que só chegou hoje, mostrou-se ansioso por conhecer o país.

"É a minha primeira vez em Portugal. Cheguei hoje mas vou ficar uma semana. É uma cidade linda. Ótima comida. É maravilhosa a primeira impressão. E vou estar de férias. Também vou querer relaxar", contou.

Outro dos motivos que trouxe David Gordon Green a Portugal, disse o próprio, foi também perceber como o seu filme é visto internacionalmente.

Segundo contou, "Our brand in crisis" é sobre "consultores políticos americanos e as suas influências".

"A minha esperança é de que, apesar de o filme se passar na Bolívia, traduza aquilo que as pessoas relacionam, como a política influencia a sua cultura e como frustrante isso pode ser. É disso que trata o filme e eu quero ver como as pessoas de outro país respondem a isso", referiu.

Também Joaquim de Almeida está pela primeira vez a participar no LEFF. O ator português mostrou-se satisfeito por ver o filme que protagoniza, e dirigido por David Gordon Green, a inaugurar o evento.

"Espero que gostem, é bom para abrir o festival. Sou um candidato político e dou trabalho a uma série de consultores americanos para ganhar as eleições. É baseado num documentário, numa história verdadeira e serve para ver a força que têm estes profissionais da política, o jogo que há por trás dos debates que temos e o jogo sujo que se faz para que o outro candidato perca", descreveu.

Joaquim de Almeida sublinhou a importância do LEFF para o cinema pelas personalidades internacionais que participam e para satisfazer o público aficionado pela sétima arte.

O LEFF prolonga-se até dia 15 de novembro em vários espaços de Lisboa e do Estoril.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.