sicnot

Perfil

Cultura

Realizador Jonathan Demme "orgulhoso" com filme sobre "o poder da música"

O realizador norte-americano Jonathan Demme mostrou-se hoje "muito orgulhoso" pelo filme hoje apresentado em antestreia no Casino do Estoril, "Song One - Canção de Uma Vida", realizado por Kate Barker-Froyland e no qual foi um dos produtores.

© Tony Gentile / Reuters

Autor de filmes como "O Silêncio dos Inocentes", "Filadélfia", "Selvagem e perigosa" e o recente "Ricki and Flash", Jonathan Demme apresentou hoje, no âmbito do Lisbon & Estoril Film Festival, o filme "Song One - Canção de Uma Vida", no qual aceitou ser produtor e de que muito se orgulha por ser realizado por alguém que conhece há muito tempo.

"Conheço a Kate desde pequenina. A certa altura, o pai dela, meu amigo, pediu-me para ver uma curta-metragem dela e eu fiz o favor, mas depois fiquei realmente impressionado", contou Jonathan.

Depois disso, continuou, Kate Barker-Froyland apresentou-lhe o argumento do seu novo filme, o que o deixou "realmente entusiasmado por ver a excelente realizadora que se tornara".

"Trabalhámos juntos no argumento e a certa altura percebemos que estava mesmo bom", sublinhou.

"Song One - Canção de Uma Vida" retrata a história de Franny, protagonizada por Anne Hathaway, que inicia uma relação com o músico preferido do seu irmão que está em coma depois de ter sido atropelado.

"Sabia que a Anne [Hathway] e o marido estavam a querer produzir um filme. Falei com ela e apresentei-lhe o argumento deste filme e ela ficou muito entusiasmada. Quis logo produzi-lo, com a condição de ter um papel na história", adiantou Jonathan.

Antes da exibição do filme, a realizadora Kate Barker-Froyland mostrou-se "muito agradecida" por ter tido Jonathan a trabalhar consigo e explicou que o filme é "muito sobre música e o poder da música em todos nós e a maneira como nos liga".

A realizadora contou ainda que na rodagem do filme, depois de terem estado a filmar em Marrocos, fizeram uma paragem "ao acaso" no Estoril.

"Foi uma paragem curta, aleatória, e agora estou aqui outra vez a apresentar o filme. É muito bom", concluiu.

Lusa

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.