sicnot

Perfil

Cultura

Candidatura de chocalhos a Património Mundial com parecer positivo da UNESCO

A candidatura portuguesa do fabrico de chocalhos a Património Cultural Imaterial da Humanidade, pela UNESCO, obteve parecer positivo da comissão internacional de especialistas do organismo, revelou hoje à agência Lusa a entidade promotora.

(SIC/Arquivo)

(SIC/Arquivo)

"Trata-se de um parecer que considera exemplar o projeto que apresentámos, o que constitui para nós um motivo de satisfação e orgulho", disse à agência Lusa o presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva.

Portugal candidatou este ano à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) a inscrição do fabrico de chocalhos como Património Cultural Imaterial da Humanidade com Necessidade de Salvaguarda Urgente.

O processo, coordenado pelo antropólogo Paulo Lima, é liderado pela Turismo do Alentejo e Ribatejo, em colaboração com a Câmara de Viana do Alentejo e a Junta de Freguesia de Alcáçovas, mas tem âmbito nacional.

O pedido de inscrição só vai ser apreciado e votado pela UNESCO na 10.ª reunião do Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, marcada para a Namíbia, entre 30 de novembro e 04 de dezembro.

Contudo, à semelhança do cante alentejano, no ano passado, que acabou por ser inscrito como Património Cultural Imaterial da Humanidade, a candidatura da arte chocalheira já obteve parecer positivo e foi considerada exemplar pela comissão de especialistas da UNESCO.

"Ainda é apenas um parecer técnico e vamos aguardar com serenidade a votação do dossiê, na Namíbia", mas suscita "a esperança de que a candidatura possa ter um desfecho positivo, idêntico ao do cante", afirmou Ceia da Silva.

Se tal acontecer, frisou, o Alentejo pode ganhar, "em dois anos seguidos, dois galardões de reconhecimento universal", pois, apesar do cariz nacional do dossiê, é na região alentejana que ainda existem mais fabricantes de chocalhos, mantendo-se Alcáçovas como "capital" desta arte.

"A Entidade Regional de Turismo tem feito uma aposta muito grande na valorização dos aspetos identitários, que considera serem decisivos na afirmação do destino turístico", pelo que "esperamos que, da Namíbia, soem bons ventos e boas notícias", disse Ceia da Silva.

O coordenador da candidatura, Paulo Lima, também explicou à Lusa que este parecer "é meramente indicativo, não é vinculativo", mas realçou que as recomendações costumam ser seguidas pelo comité intergovernamental da UNESCO.

"A tradição manda que seja respeitada a recomendação do grupo de peritos que faz a avaliação dos dossiês. O que é indicado [por esta comissão], em princípio, é inscrito", frisou.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.