sicnot

Perfil

Cultura

Morreu a fadista Beatriz da Conceição

A fadista Beatriz da Conceição, de 76 anos, criadora de êxitos como "Ovelha negra", que recebeu em 2008 o Prémio Amália Rodrigues de Carreira, morreu hoje, no Hospital S. José, em Lisboa, disse à Lusa um familiar.

Arquivo SIC

A fadista, natural do Porto, começou a cantar na década de 1960, depois de uma visita à casa de fados Solar de Márcia Condessa, em Lisboa.

São muitos os sucessos criados por si, nomeadamente no teatro de revista, como "Lisboa da cor da ponte", "Três santinhos populares" ou "Meu corpo".

Beatriz da Conceição fez parte dos elencos de diversas casas de fado, nomeadamente A Viela, Adega Machado, Nonó, Os Ferreiras, Taverna do Embuçado e Senhor Vinho.

Uma das suas últimas presenças em palco foi no espetáculo de Ana Moura, no Coliseu de Lisboa, em 2013.

Há 50 anos gravou o seu primeiro disco, um EP, para a etiqueta RCA, intitulado "Fui por Alfama", tema de autoria de Guilherme Pereira da Rosa com música de Francisco Carvalhinho.

O maestro Paul van Nevel, fundador do Huelgas Ensemble, que gravou "Tears of Lisbon" com Beatriz da Conceição, em 1996, realçou, no texto desse álbum, "a força contida" da fadista, afirmando que a sua interpretação é de uma tal tristeza emotiva, que consegue imprimir poesia "mesmo aos silêncios entre as palavras e versos".

  • Samaris suspenso por três jogos

    Desporto

    O internacional grego do Benfica Samaris foi castigado com três jogos de suspensão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, após ter sido instaurado um auto de flagrante delito por parte da Comissão de Instrutores.

    Em atualização

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.