sicnot

Perfil

Cultura

Morreu Scott Weiland, ex-vocalista dos Stone Temple Pilots, aos 48 anos

galeria de fotos

Scott Weiland, antigo vocalista das bandas norte-americanas Stone Temple Pilots e Velvet Revolver, morreu aos 48 anos, a 3 de dezembro.

Velvet Revolver em 2005.

Velvet Revolver em 2005.

© Stephen Hird / Reuters

Stone Temple Pilots em 2008.

Stone Temple Pilots em 2008.

© Mario Anzuoni / Reuters

Stone Temple Pilots em 2008.

Stone Temple Pilots em 2008.

© Mario Anzuoni / Reuters

Stone Temple Pilots em 2008.

Stone Temple Pilots em 2008.

© Mario Anzuoni / Reuters

Stone Temple Pilots em 2008.

Stone Temple Pilots em 2008.

© Mario Anzuoni / Reuters

Com a mulher Jamie Wachtel em novembro de 2014.

Com a mulher Jamie Wachtel em novembro de 2014.

© Kevork Djansezian / Reuters

Novembro 2014.

Novembro 2014.

© Kevork Djansezian / Reuters

Scott Weiland (direita) com Anthony Kiedis, dos Red Hot Chili Peppers, e uma amiga, em 2006.

Scott Weiland (direita) com Anthony Kiedis, dos Red Hot Chili Peppers, e uma amiga, em 2006.

© Mario Anzuoni / Reuters

Com os Stone Temple Pilots em 2008.

Com os Stone Temple Pilots em 2008.

© Bill Auth / Reuters

O baixista dos Velvet Revolver Duff McKagan, vocalista Scott Weiland e baterista Matt Sorum, em 2004.

O baixista dos Velvet Revolver Duff McKagan, vocalista Scott Weiland e baterista Matt Sorum, em 2004.

© Reuters Photographer / Reuter

A apresentar My VH1 MusicAwards com Sylvester Stallone em 2000.

A apresentar My VH1 MusicAwards com Sylvester Stallone em 2000.

© Reuters Photographer / Reuter

Velvet Revolver, 2004.

Velvet Revolver, 2004.

© Reuters Photographer / Reuter

Velvet Revolver em 2004.

Velvet Revolver em 2004.

© Reuters Photographer / Reuter

Velvet Revolver em 2004.

Velvet Revolver em 2004.

© Reuters Photographer / Reuter

Com o guitarrista Slash em 2007.

Com o guitarrista Slash em 2007.

© Mario Anzuoni / Reuters

Concerto dos Stone Temple Pilots em Buenos Aires em outubro de 2008.

Concerto dos Stone Temple Pilots em Buenos Aires em outubro de 2008.

© Marcos Brindicci / Reuters

Scott Weiland com a mulher Mary Forsberg, fevereiro de 2001, na altura vocalista dos Stone Temple Pilots.

Scott Weiland com a mulher Mary Forsberg, fevereiro de 2001, na altura vocalista dos Stone Temple Pilots.

© Fred Prouser / Reuters

Com os Velvet Revolver em dezembro de 2014.

Com os Velvet Revolver em dezembro de 2014.

Através da conta de Weiland na rede social Facebook foi revelado que o cantor foi encontrado morto no autocarro da sua atual banda, Scott Weiland & The Wildabouts, em Bloomington (Minnesota, Estados Unidos), com quem estava em digressão.

Weiland nasceu a 27 de outubro de 1967, em Santa Cruz (Califórnia, EUA), e fundou, no final dos anos 1980, com os irmãos DeLeo e Eric Kretz, a banda Mighty Joe Young, que deu depois lugar aos Stone Temple Pilots.

Com álbuns como "Core" (1992) e "Purple" (1994), os Stone Temple Pilots alcançaram o sucesso e foram um êxito de vendas.

Após vários desentendimentos, a banda despediu-se do vocalista em 2013.

Weiland, que teve problemas com drogas e com a justiça em diversas ocasiões, lançou a sua carreira a solo com o álbum "12 bar blues", em 1998, e pertenceu à banda Velvet Revolver, com Slash, o guitarrista dos Guns & Roses, com quem gravou dois álbuns.

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28