sicnot

Perfil

Cultura

Primeiro festival literário de Viseu arranca hoje, com vinho à mistura

O primeiro festival literário de Viseu arranca hoje à tarde, combinando os prazeres da literatura com os dos vinhos do Dão, através da presença de 25 escritores e de quase 30 empresas vinícolas.

Organizado pela Câmara de Viseu, o festival literário "Tinto no branco" decorre até domingo e é o destaque do evento vínico e enoturístico "Vinhos de inverno", que se estreou em 2014.

Ao longo de três dias, realizam-se mais de 30 conversas, ateliês, "workshops" vínicos, visitas guiadas, espetáculos literários e musicais e "wine parties" fora de horas.

No Solar do Vinho do Dão, os visitantes terão à sua disposição espaços de prova de vinhos, compra e contacto com os produtores e enólogos da região, espaços de sabores e a mesa de um restaurante criado para o evento.

Na opinião do presidente da autarquia, Almeida Henriques, este festival "confirma Viseu como cidade vinhateira e destino cultural ao longo de todo o ano".

"Na cidade do Dão, os livros e as conversas combinam na perfeição com os néctares da região e os encantos do frio", frisou.

A primeira conversa do festival está marcada para hoje à noite, juntando na mesma mesa Francisco José Viegas, José Manuel Fajardo e Manuel Carvalho e tendo como mote as palavras do escritor Aquilino Ribeiro: "O pior dos crimes é produzir vinho mau, engarrafá-lo e servi-lo aos amigos".

Lusa

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19