sicnot

Perfil

Cultura

Kendrick Lamar e Taylor Swift dominam nomeações dos prémios Grammy

O rapper norte-americano Kendrick Lamar lidera as nomeações para os prémios de música Grammy, mas é a cantora Taylor Swift que domina nas categorias consideradas principais, anunciou hoje a organização em Los Angeles, Califórnia.

© China Stringer Network / Reut

Kendrick Lamar está indicado para 11 Grammy - os prémios da indústria discográfica norte-americana - por causa do álbum "To pimp a butterfly". Taylor Swift soma sete nomeações com o disco "1989", entre as quais "Álbum do ano", "Canção do Ano" e "Gravação do Ano".

Com sete nomeações segue também The Weeknd, nome artístico do músico e produtor canadiano Abel Tesfaye, que editou este ano o álbum "Beauty behind the madness."

Além dos discos de Taylor Swift, Kendrick Lamar e The Weeknd, para o Grammy de "Álbum do Ano" estão nomeados "Sound & Colour", da banda blues rock americana Alabama Shakes, e "Traveller", álbum de estreia do músico country Chris Stapleton.

Para o Grammy de "Artista Revelação" estão indicados Courtney Barnett e James Bay - que já atuaram recentemente em Portugal -, Sam Hunt, Tori Kelly e Meghan Trainor.

Bjork, My Morning Jackeet, Tame Impala, Wilco e Alabama Shakes estão indicados para melhor álbum de música alternativa.

Na categoria de "World Music" surgem nomeados Gilberto Gil, Angelique Kidjo, Ladysmith Black Mambazo, Anoushka Shankar e Zomba Prison Project.

A gravação da ópera "Il ritorno d'Ulisse in Patria", de Monteverdi, pela orquestra Boston Baroque, com a participação dos cantores portugueses Fernando Guimarães - como protagonista - e João Fernandes, está nomeada para o prémio de música Grammy de "Melhor Gravação de Ópera".

A cerimónia de entrega do prémios está marcada para 15 de fevereiro em Los Angeles.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.