sicnot

Perfil

Cultura

Kendrick Lamar e Taylor Swift dominam nomeações dos prémios Grammy

O rapper norte-americano Kendrick Lamar lidera as nomeações para os prémios de música Grammy, mas é a cantora Taylor Swift que domina nas categorias consideradas principais, anunciou hoje a organização em Los Angeles, Califórnia.

© China Stringer Network / Reut

Kendrick Lamar está indicado para 11 Grammy - os prémios da indústria discográfica norte-americana - por causa do álbum "To pimp a butterfly". Taylor Swift soma sete nomeações com o disco "1989", entre as quais "Álbum do ano", "Canção do Ano" e "Gravação do Ano".

Com sete nomeações segue também The Weeknd, nome artístico do músico e produtor canadiano Abel Tesfaye, que editou este ano o álbum "Beauty behind the madness."

Além dos discos de Taylor Swift, Kendrick Lamar e The Weeknd, para o Grammy de "Álbum do Ano" estão nomeados "Sound & Colour", da banda blues rock americana Alabama Shakes, e "Traveller", álbum de estreia do músico country Chris Stapleton.

Para o Grammy de "Artista Revelação" estão indicados Courtney Barnett e James Bay - que já atuaram recentemente em Portugal -, Sam Hunt, Tori Kelly e Meghan Trainor.

Bjork, My Morning Jackeet, Tame Impala, Wilco e Alabama Shakes estão indicados para melhor álbum de música alternativa.

Na categoria de "World Music" surgem nomeados Gilberto Gil, Angelique Kidjo, Ladysmith Black Mambazo, Anoushka Shankar e Zomba Prison Project.

A gravação da ópera "Il ritorno d'Ulisse in Patria", de Monteverdi, pela orquestra Boston Baroque, com a participação dos cantores portugueses Fernando Guimarães - como protagonista - e João Fernandes, está nomeada para o prémio de música Grammy de "Melhor Gravação de Ópera".

A cerimónia de entrega do prémios está marcada para 15 de fevereiro em Los Angeles.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho