sicnot

Perfil

Cultura

Grande Reportagem "Os nossos filhos da Ucrânia" distinguida pela UNESCO

A Grande Reportagem "Os nossos filhos da Ucrânia", emitida pela SIC, foi distinguida com o Prémio de Direitos Humanos e Integração, atribuído pela Comissão Nacional da UNESCO, na categoria de audiovisuais.

A reportagem acompanha um grupo de crianças ucranianas da região de Chernobyl que todos os anos são acolhidas por famílias portuguesas que lhes proporcionam um mês de sol, praia, alimentação saudável e cuidados médicos que lhes estão vedados na Ucrânia.

O júri, presidido por Guilherme d'Oliveira Martins, distinguiu o trabalho da equipa da SIC constituída pelo jornalista Carlos Rico, pelo repórter de imagem Carlos Morais e pelo editor de imagem António Soares.

O prémio foi anunciado ontem, a assinalar o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

  • Os Nossos Filhos da Ucrânia
    37:58

    Grande Reportagem SIC

    Vinte e seis crianças ucranianas da região de Chernobyl passaram um mês de Verão em Portugal, com famílias de acolhimento que lhes proporcionaram sol, praia, alimentação saudável e cuidados médicos, a que habitualmente não têm acesso. Os médicos ucranianos acreditam que este curto período de férias restitui um a dois anos de vida a estas crianças que, três décadas depois, sofrem ainda as consequências do acidente nuclear. Uma realidade a conhecer na Grande Reportagem "Os Nossos Filhos da Ucrânia".

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.