sicnot

Perfil

Cultura

Prémio Pessoa 2015 conhecido hoje

O Prémio Pessoa 2015, que distingue uma pessoa com uma "intervenção particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica do país", é hoje anunciado no Palácio de Seteais, em Sintra, revelou a organização.

O Prémio Pessoa foi atribuído em 2014 a Henrique Leitão, historiador de ciência, que tem dedicado particular atenção à ciência portuguesa dos séculos XVI e XVII.

O Prémio Pessoa foi atribuído em 2014 a Henrique Leitão, historiador de ciência, que tem dedicado particular atenção à ciência portuguesa dos séculos XVI e XVII.

(LUSA/ ARQUIVO)

O anúncio da 29ª. edição do Prémio Pessoa está marcado para as 12:15.

Com um valor monetário de 60.000 euros, o Prémio Pessoa foi atribuído em 2014 a Henrique Leitão, historiador de ciência, que tem dedicado particular atenção à ciência portuguesa dos séculos XVI e XVII.

O júri do Prémio Pessoa é presidido por Francisco Pinto Balsemão e integra Álvaro Nascimento, António Barreto, Clara Ferreira Alves, Diogo Lucena, Eduardo Souto de Moura, João Lobo Antunes, José Luís Porfírio, Maria Manuel Mota, Maria de Sousa, Mário Soares, Miguel Veiga, Pedro Norton, Rui Magalhães Baião, Rui Vieira Nery e Viriato Soromenho-Marques.

Atribuído pela primeira vez em 1987 ao historiador José Mattoso, o Prémio Pessoa já distinguiu personalidades como a pianista Maria João Pires, os cientistas António e Hanna Damásio, o poeta Herberto Helder (que recusou o galardão), o arquiteto Eduardo Souto Moura, o compositor Emanuel Nunes, o constitucionalista José Gomes Canotilho, o ator Luís Miguel Cintra, a historiadora Irene Flunser Pimentel e Manuel Clemente, atual Cardeal-Patriarca de Lisboa.

O Prémio Pessoa é uma iniciativa do semanário Expresso, com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos.

Lusa

  • Henrique Leitão é o Prémio Pessoa 2014
    2:07

    Cultura

    Henrique Leitão é o Prémio Pessoa 2014. O historiador de Ciência tem estudado o contributo da Península Ibérica para o progresso da humanidade. O júri considera que Henrique Leitão combina formação científica com humanismo. O investigador é a 28ª personalidade a receber a distinção.

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.