sicnot

Perfil

Cultura

"A juventude", de Paolo Sorrentino, considerado melhor filme europeu

O filme "A juventude", do realizador italiano Paolo Sorrentino, foi considerado, este sábado, em Berlim, o melhor filme europeu pela Academia Europeia do Cinema que também distinguiu os atores britânicos Michael Caine e Charlotte Rampling.

"A juventude", que se estreou em Portugal na quinta-feira, dominou a 28.ª edição dos prémios, com Sorrentino a ser galardoado como melhor realizador e Michael Caine melhor ator.

O prémio de melhor atriz foi para Charlotte Rampling pelo seu desempenho em "45 anos", do britânico Andrew Haigh, a qual recebeu igualmente um prémio pelo conjunto da sua carreira.

O ator austríaco Christoph Waltz foi, por seu turno, homenageado pelo seu contributo para o cinema mundial.

A trilogia "As mil e uma noites", do cineasta português Miguel Gomes, foi distinguida com o prémio de melhor design de som (assinado por Vasco Pimentel e Miguel Martins), no final de outubro, altura em que foram anunciados os vencedores das categorias técnicas.

A Academia Europeia do Cinema, que agrupa cerca de 3.000 profissionais da sétima arte, foi criada em 1988 em Berlim.

Lusa

  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15

    País

    Os fogos mais violentos começaram na Lousã, no distrito de Coimbra, e o cenário é desolador. Casas e empresas foram totalmente destruídas. Paulo Carvalho era dono de uma carpintaria, que foi reduzida a um monte de escombros.

  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10

    País

    As autoridades confirmaram a morte de oito pessoas no concelho de Vouzela. Agora é tempo de fazer o luto e tentar reerguer o que foi destruído pelo fogo. Os testemunhos emocionados dos moradores e do autarca relatam a destruição deixada pelas chamas. Custódia perdeu quase tudo. José teve de comprar um gerador para continuar a dar de beber às galinhas.

  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.