sicnot

Perfil

Cultura

"A juventude", de Paolo Sorrentino, considerado melhor filme europeu

O filme "A juventude", do realizador italiano Paolo Sorrentino, foi considerado, este sábado, em Berlim, o melhor filme europeu pela Academia Europeia do Cinema que também distinguiu os atores britânicos Michael Caine e Charlotte Rampling.

"A juventude", que se estreou em Portugal na quinta-feira, dominou a 28.ª edição dos prémios, com Sorrentino a ser galardoado como melhor realizador e Michael Caine melhor ator.

O prémio de melhor atriz foi para Charlotte Rampling pelo seu desempenho em "45 anos", do britânico Andrew Haigh, a qual recebeu igualmente um prémio pelo conjunto da sua carreira.

O ator austríaco Christoph Waltz foi, por seu turno, homenageado pelo seu contributo para o cinema mundial.

A trilogia "As mil e uma noites", do cineasta português Miguel Gomes, foi distinguida com o prémio de melhor design de som (assinado por Vasco Pimentel e Miguel Martins), no final de outubro, altura em que foram anunciados os vencedores das categorias técnicas.

A Academia Europeia do Cinema, que agrupa cerca de 3.000 profissionais da sétima arte, foi criada em 1988 em Berlim.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.