sicnot

Perfil

Cultura

Quadros de Júlio Pomar e Almada a partir de hoje em leilão em Lisboa

As telas "Maria da Fonte", de Júlio Pomar, e "Arlequim, Bailarina e Cavalo", de Almada Negreiros, vão hoje a leilão, pelo Palácio do Correio Velho, em Lisboa, ambas com uma base de licitação de 150 mil euros.

De acordo com a leiloeira, neste primeiro dia do leilão, que tem início às 19:30, estarão em destaque "Maria da Fonte", pintado em 1957, e "Arlequim, Bailarina e Cavalo", pintado em 1953.

Dos 614 lotes do Leilão de Antiguidades e Arte Moderna e Contemporânea - que decorre durante três dias - estão estas duas peças em destaque, sendo que a obra "Maria da Fonte", de Júlio Pomar, é considerada a última obra do período neorrealista do autor, atualmente com 89 anos.

Contactada pela agência Lusa, fonte da leiloeira indicou que, até ao momento, "o Estado ainda não demonstrou interesse" na aquisição.

Trata-se de um óleo sobre aglomerado com 121 centímetros por 180 centímetros, que representa várias figuras de trabalhadores rurais, e a proveniência é da Coleção Humberto Pelágio, de Lisboa.

Raramente exposta, segundo o Palácio do Correio Velho, esta obra participou apenas em 1957, na 1.ª Exposição da Fundação Calouste Gulbenkian e, depois, em 2004, na retrospetiva do Museu Berardo, em Sintra, intitulada "Autobiografia".

Quanto à pintura de Almada Negreiros (1893-1970) - "Arlequim, Bailarina e Cavalo" -, foi encomendada por uma família lisboeta, com casa no Restelo, em Lisboa.

Assinado e datado de 1953, o quadro mede aproximadamente 200 centímetros por 100 centímetros.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica da delegação portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, realizou-se esta segunda-feira. A visita serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.