sicnot

Perfil

Cultura

Fanny Ardant rodará novo filme em Portugal em janeiro, com Gérard Depardieu

A atriz e realizadora francesa Fanny Ardant prepara-se para rodar em janeiro um novo filme em Portugal, intitulado "E atrás de mim uma gaiola vazia", revelou a produtora Leopardo Filmes, de Paulo Branco.

© Stringer . / Reuters

O filme contará com a participação do ator Gérard Depardieu no papel do antigo líder da ex-União Soviética Josef Estaline, e da atriz Emmanuelle Seigner.

"E atrás de mim uma gaiola vazia", que será rodado em janeiro e fevereiro no Buçaco e em Curia, é uma adaptação do romance "Le divan de Staline", de Jean-Daniel Baltassat.

Segundo a Leopardo Filmes, a longa-metragem "aborda uma das figuras centrais da História Mundial sob uma perspetiva freudiana e intimista".

Este será o segundo filme que Fanny Ardant rodará integralmente em Portugal, depois de ter feito "Cadências obstinadas", em 2013, em Lisboa. A estreia da atriz como realizadora deu-se em 2009, com "Cinzas e sangue".

Além de Gérard Depardieu e Emmanuelle Seigner, o filme contará no elenco com Xavier Maly, François Challot, Tudor Istodor, Luna Piccoli-Truffaut, Alexis Maretti e Paul Hamy. A direção da fotografia será de Renato Berta.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.