sicnot

Perfil

Cultura

Fundador dos Motörhead morre aos 70 anos

O fundador dos Motörhead morreu. Lemmy Kilmister tinha 70 anos.

Chris Pizzello

A notícia foi confirmada pela banda de rock, que informou os fãs que Lemmy morreu depois de lhe ter sido diagnosticado um cancro. "Não conseguimos expressar o nosso choque ou tristeza, não existem palavras", disseram.

"Vamos dar mais informações nos próximos dias, mas, por favor... ponham as músicas dos Motörhead a tocar alto, ponham a música do Lemmy ALTO. E tomem um copo ou alguns".

Lemmy Kilmister sofria de problemas de saúde graves, nos últimos meses, o que o obrigou a cortar no álcool e nos cigarros, segundo noticia o The Telegraph.

A banda foi forçada a cancelar uma série de concertos da digressão nos Estados Unidos, em setembro.

Aos poucos, outras celebridades da música vão-se manifestando nas redes sociais. É o caso de Ozzy Osbourne, que escreveu no Facebook: "Hoje perdi um dos meus melhores amigos, o Lemmy. Foi um guerreiro e uma lenda. Ver-te-ei no outro lado".

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.