sicnot

Perfil

Cultura

Coreografia "Nevoeiro" de Luís Guerra no Centro Cultural de Belém

A coreografia "Nevoeiro", de Luís Guerra, na qual os bailarinos se "desfocam" através de movimentos rápidos, vai ser apresentada na sexta-feira e no sábado, no palco do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

ccb.pt/Default/pt/Programacao/Danca?a=453

ccb.pt/Default/pt/Programacao/Danca?a=453

Dirigido e coreografado por Luís Guerra, o espetáculo - que teve estreia no Festival Materiais Diversos 2013 - estará, a partir das 21:00, no pequeno auditório do CCB.

No palco do pequeno auditório, será interpretado por Jacome Filipe, Lander Patrick ou André Mendes, Luís Guerra, Teresa Silva ou Marta Cerqueira, nas diferentes sessões, com música de Ulrich Estreich e luzes desenhadas por Zeca Iglésias, que também assina a direção técnica.

"Nevoeiro", peça de dança para quatro bailarinos, divide-se em três atos distintos que têm em comum uma cortina prateada que serve como personificação do nevoeiro.

O primeiro ato apresenta uma dança rápida e precisa, num exercício coreográfico que aproxima a dança da arte marcial que toma os bailarinos como personificação de todas as cores do espetro da luz.

Através dessa dança surge uma espécie de imagem desfocada, devido à "rapidez e desumanização dos intérpretes que raramente se encontram muito tempo no mesmo sítio, [que] personifica tudo aquilo que existe".

No centro do bailado está a ideia de desfocagem, em resultado da rapidez dos movimentos, que faz com que o campo visual passe a ser mais e mais indefinido, chegando, assim, ao nevoeiro.

Com formação artística do Conservatório Nacional, desde 2005 que Luís Guerra assina os seus projetos para palco, tendo trabalhado regularmente, como bailarino, ator e performer, com uma participação frequente nas peças de Tânia Carvalho.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.