sicnot

Perfil

Cultura

Dois museus dedicados a estilista Yves Saint Laurent vão abrir em 2017

Dois museus dedicados ao trabalho do estilista francês Yves Saint Laurent (1936-2008) vão abrir as suas portas no outono de 2017, um em Paris e outro em Marraquexe, anunciou hoje a Fundação Pierre Bergé-Yves Saint Laurent.

© Jacky Naegelen / Reuters

Os dois museus permitirão à fundação, que mantém 40 anos de criação do estilista, expor uma parte da sua coleção, composta por mais de 5.000 peças de alta costura, 15.000 acessórios e desenhos, fotografias e outras peças, segundo a nota.

Yves Saint Laurent havia arquivado, desde a criação da sua casa de moda em 1961, todo o seu trabalho.

O museu de Paris ocupara a casa de moda histórica na avenida Marceau 5 (no 16º bairro da capital francesa), que abrigou durante quase 30 anos, entre 1974 e 2002, as criações de Yves Saint Laurent e onde a fundação tem sede desde 2004.

Esse local já recebeu ao longo dos últimos doze anos, mais de vinte exposições dedicadas à arte, moda e design, incluindo mostras de Yves Saint Laurent.

Um outro museu Yves Saint Laurent será aberto em Marraquexe, cidade que o estilista descobriu em 1966 e que visitava regularmente.

"A importância de Marrocos em seu trabalho era tal que foi natural construir um museu a partir das coleções da fundação", disse Pierre Bergé, seu companheiro e cofundador da casa de moda, citado no comunicado.

O museu ficará num imóvel na rua Yves Saint Laurent, perto do Jardim Majorelle, que o estilista e Bergé adquiriram em 1980 e onde há também um museu berbere, que recebe cerca de 70 mil visitantes por ano.

O novo prédio, com uma superfície de 4.000 metros quadrados, compreendendo um espaço de exposição permanente com obras do estilista, uma sala para exposições temporárias, um auditório, uma biblioteca e um café-restaurante.

Lusa

  • Parabéns! Portugal faz hoje 839 anos

    País

    É dia de cantar os parabéns. Portugal celebra esta quarta-feira 839 anos, depois de a 23 de maio de 1179 o Papa Alexandre III ter emitido a bula "Manifestis Probatum" onde reconhece o território como reino independente.

    SIC

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.