sicnot

Perfil

Cultura

8½ Festa do Cinema Italiano realiza-se entre março e abril em Lisboa

A 9.ª edição do 8 ½ Festa do Cinema Italiano, que homenageará Ettore Scola, falecido no passado dia 19, realiza-se de 30 de março a 7 de abril, em Lisboa, seguindo depois para cinco outros concelhos.

© Stefan Wermuth / Reuters

Depois da capital portuguesa, a Festa do Cinema Italiano apresentar-se-á em Cascais, de 15 a 17 de abril, em Coimbra, de 18 a 20 de abril, no Porto, de 21 a 24 de abril, em Loulé, de 12 a 14 de maio, e nas Caldas da Rainha, de 13 a 15 de maio, "entre outras, cujas datas serão anunciadas em breve", segundo comunicado da organização.

Simultaneamente, "o 8 ½ Festa do Cinema Italiano reforçará a presença em vários países lusófonos, sendo de destacar o forte crescimento no Brasil, onde, além de Porto Alegre [no Brasil], estará em mais seis cidades", lê-se no mesmo documento.

Em Lisboa, além do Cinema São Jorge, os filmes transalpinos serão também exibidos nos cinemas UCI - El Corte Inglés.

O diretor do 8 ½, Stefano Savio, afirma, no mesmo comunicado, que, com esta presença nos cinemas UCI, se pretende "chegar a pessoas que, por vezes, estão distantes do circuito dos festivais de cinema", e levar ao público e o "espírito da Festa".

"Il racconto di racconti" ("O conto dos Contos", de Matteo Garone, um dos candidatos à Palma de Ouro do Festival de Cannes em 2015), abre a festa, numa antestreia nacional.

O filme é protagonizado por Salma Hayek, Vincent Cassel e Toby Jones. Matteo Garone assinou anteriormente trabalhos como "Gomorra" e "Reality -- A Grande Ilusão".

Da programação da festa consta uma homenagem a Ettore Scola, "um dos grandes mestres do cinema italiano", realizador, entre outros, de "Feios, porcos e maus". Deste realizador, na edição do ano passado da festa foi exibido em antestreia "Que estranho chamar-se Federico".

Da homenagem a Ettore Scola está previsto a exibição de alguns dos seus filmes. O realizador transalpino ganhou um Prémio Cesar com "Tão amigos que nós éramos", e assinou "Um dia inesquecível", "O terraço" e "A família", filmes nomeados ao Óscar e à Palma de Ouro de Cannes.

Da programação da Festa consta ainda a exibição de uma nova versão, digital, de "A vida é bela", de Roberto Benigni, filme vencedor de três Óscares

No ano passado, em Lisboa, 11.000 pessoas assistiram aos diferentes filmes da Festa do Cinema Italiano, segundo dados da organização.

A 8 ½ Festa do Cinema Italiano é organizada pela Associação Il Sorpasso, com o apoio da embaixada de Itália em Lisboa, e do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, numa parceria com a empresa municipal de Gestão dos Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC).

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.