sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o realizador francês Jacques Rivette

O realizador francês Jacques Rivette morreu hoje, aos 87 anos, noticiou o jornal Le Monde e o site Le Progrés.

Jacques Rivette (dir.) com Jane Birkin e Sergio Castellitto no Festival de Veneza em 2009.

Jacques Rivette (dir.) com Jane Birkin e Sergio Castellitto no Festival de Veneza em 2009.

© Tony Gentile / Reuters

Nascido em Rouen, Normandia, em 1928, Rivette foi um dos realizadores emblemáticos da movimento 'Nouvelle Vague', ao lado de Jean-Luc Godard, François Truffaut, Claude Chabrol e Eric Rohmer.

Um dos seus filmes mais conhecidos "La Belle Noiseuse", de 1991, com Emmanuelle Béart e Michel Piccoli, ganhou o Grande Prémio do festival de cinema de Cannes.

Jacques Rivette iniciou a carreira em 1958, com o filme "Paris nous appartient", a sua primeira longa metragem.

Rivette realizou também "L'Amour Fou" (1968), "Céline e Julie vont en bateau" (1974), "Le Pont du Nord" (1981), entre outros. A sua última longa metragem "36 vues du pic Saint-Loup" saiu em 2009.

Entre 1952 e 1965 trabalhou na revista francesa de cinema Cahiers du Cinéma.

Lusa

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".