sicnot

Perfil

Cultura

"O Caso Spotlight", melhor filme nos prémios do Sindicato dos Atores dos EUA

"O Caso Spotlight", baseado na investigação jornalística sobre abusos sexuais a menores na igreja católica, foi hoje premiado como melhor filme do ano pelo Sindicato de Atores dos Estados Unidos (SAG), atribuídos em Los Angeles.

Leonardo DiCaprio ("The Revenant - O Renascido") e Brie Larson ("Room - O quarto de Jack") conquistaram os prémios de melhor ator e melhor atriz.

Nas categorias televisivas, "Downton Abbey" ganhou o prémio de melhor série de drama e "Orange is the New Black" venceu na categoria de melhor série de comédia, numa gala que primou pelo reconhecimento a atores negros, depois de instalada a polémica pela alegada falta de diversidade nas nomeações para os Óscares.

A 22.ª edição dos prémios do SAG decorreu no Shrine Exposition Center, de Los Angeles (Califórnia).

Lusa

  • SIC entrevistou elenco e jornalistas do "Caso Spotlight"
    6:03

    Cultura

    O filme "O caso Spotlight", que parte de uma história real, estreia esta quinta-feira. Uma equipa de jornalistas investigou e divulgou centenas de casos de pedofilia na Igreja Católica. A SIC falou, em exclusivo, com parte do elenco e com dois dos jornalistas.

  • Um retrato íntimo do jornalismo
    12:22

    Cartaz

    “O Caso Spotlight” retrata a investigação dos jornalistas de The Boston Globe que levou à revelação de um caso que abalou a sociedade americana. João Lopes comenta as principais novidades da semana, incluindo dois filmes portugueses: “Quatro”, de João Botelho, e “Jogo de Damas”, de Patrícia Sequeira.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC