sicnot

Perfil

Cultura

Justiça francesa anula licença de exploração comercial do filme "Anticristo"

A licença de exploração comercial em França do filme "Anticristo", do cineasta dinamarquês Lars von Trier, foi anulada pela justiça devido a "cenas de enorme violência" e "cenas de sexo não simuladas", foi hoje divulgado.

© Thomas Peter / Reuters

A decisão judicial foi tomada em resposta a uma ação apresentada por uma associação próxima dos católicos tradicionalistas que defendia que o filme, atualmente interdito a menores de 16 anos, deveria sê-lo a menores de 18 anos.

Algumas cenas de "Anticristo", com Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg - e que valeu em 2009 à atriz francesa o prémio de interpretação feminina no Festival de Cannes -, têm "um grau de representação da violência e da sexualidade que exige, à luz das disposições legais aplicáveis, uma interdição do filme a todos os menores", considerou o tribunal administrativo de segunda instância de Paris.

De acordo com o tribunal, o ministério da Cultura "cometeu um erro de apreciação ao limitar-se a proibir a visualização do filme apenas aos menores de 16 anos".

A anulação da licença de exploração comercial da longa-metragem, uma autorização administrativa necessária à exibição do filme em salas de cinema, impede também a sua difusão em qualquer suporte (televisão, DVD...), até que uma nova licença seja concedida.

O filme de Lars von Trier já enfrentou este obstáculo duas vezes, em 2009 e 2012, por razões processuais. De ambas as vezes lhe foi concedida uma nova licença.

Em dezembro passado, a associação Promouvoir, na origem da ação contra "Anticristo", tinha já obtido da justiça francesa a revisão da interdição apenas aos menores de 12 anos do filme realizado pelo franco-tunisino Abdellatif Kechiche "A Vida de Adèle", Palma de Ouro 2013 em Cannes.

No verão de 2015, a Promouvoir conseguira igualmente fazer proibir aos menores de 18 anos o filme "Love", do cineasta argentino Gaspar Noé, uma história de amor com cenas de sexo não simuladas cuja visualização só estava inicialmente proibida a menores de 16 anos.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.