sicnot

Perfil

Cultura

Madonna enrola-se na bandeira de Taiwan em concerto na ilha

A estrela pop Madonna enrolou-se numa bandeira de Taiwan durante o primeiro concerto que deu na Ilha Formosa, na noite de quinta-feira, sem se preocupar com o provável aborrecimento que o gesto deve provocar em Pequim.

O momento foi partilhado por um taiwandês no Facebook

O momento foi partilhado por um taiwandês no Facebook

No final do espetáculo, Madonna envolveu-se na bandeira da República da China (Taiwan) enquanto cantava, mantendo o costume de ir buscar o símbolo nacional do país onde atua.

A ação de Madonna recordou os taiwaneses o incidente com a cantora Chou Tzu Yu, que exibiu uma bandeira de Taiwan num programa de televisão da Coreia do Sul, em janeiro, um gesto que fez com que perdesse contratos com empresas da China (República Popular da China).

Vários artistas que exibiram em palco a bandeira de Taiwan e que manifestaram apoio ao movimento pró-democrático chinês ou à independência do Tibete sofreram com boicotes na China.

Depois do primeiro concerto em Taiwan, que durou 140 minutos e atraiu milhares de pessoas, Madonna vai atuar em Banguecoque (Tailândia) e Tóquio (Japão) no âmbito da digressão "Rebel Heart", que a vai levar ainda a Hong Kong (17 e 18 de fevereiro) e a Macau (20 e 21), as duas Regiões Administrativas Especiais chinesas.

Seguem-se concertos nas Filipinas, Singapura, Nova Zelândia e Austrália.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.