sicnot

Perfil

Cultura

"Cartas da Guerra" de Ivo Ferreira será exibido em Macau após estreia em Berlim

O filme "Cartas da guerra", de Ivo Ferreira, baseado na correspondência de António Lobo Antunes durante a guerra colonial, será exibido no Festival Literário de Macau, anunciou hoje a organização, no dia em que o filme estreia na Berlinale.

© Stefanie Loos / Reuters

"A Rota das Letras tem o prazer de anunciar que 'Cartas da Guerra' - filme que tem estreia mundial hoje no 66.º Festival de Cinema de Berlim - será exibido no primeiro dia do Festival Literário de Macau, marcando assim a estreia asiática do novo filme de Ivo M. Ferreira", anuncia o festival, em comunicado.

A longa-metragem baseia-se no livro "D'este viver aqui neste papel descripto - Cartas de guerra", editado em 2005 pelas filhas do escritor Maria José e Joana Lobo Antunes, com as cartas que António Lobo Antunes escreveu à primeira mulher, Maria José, no tempo em que foi destacado pelo exército, como médico, durante a guerra colonial em Angola, de 1971 a 1973.

Rodada a preto e branco, esta é a terceira longa-metragem de Ivo M. Ferreira, e conta no elenco com mais de quarenta atores, entre os quais Miguel Nunes (no papel de Lobo Antunes), Margarida Vila-Nova (Maria José), Ricardo Pereira, João Pedro Vaz e Simão Cayatte.

No mesmo comunicado, o Festival Literário de Macau dá também conta do cancelamento da presença do escritor dominicano e norte-americano Junot Díaz, vencedor do prémio Pulitzer, "por motivos pessoais".

A par desta ausência, a Rota das Letras anuncia a participação do escritor norte-americano Adam Johnson, vencedor do National Book Award de 2015 e do prémio Pulitzer em 2013 pelo livro "Vida Roubada" ("The Orphan Master's Son", no original), sobre a Coreia do Norte.

A quinta edição do Festival Literário de Macau - Rota das Letras vai decorrer de 05 a 19 de março e homenageará este ano o poeta português Camilo Pessanha, no 90.º aniversário da sua morte, em Macau, contando com a participação de Pacheco Pereira, Pedro Mexia e Rui Zink, entre outros.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43