sicnot

Perfil

Cultura

"Cartas da Guerra" de Ivo Ferreira será exibido em Macau após estreia em Berlim

O filme "Cartas da guerra", de Ivo Ferreira, baseado na correspondência de António Lobo Antunes durante a guerra colonial, será exibido no Festival Literário de Macau, anunciou hoje a organização, no dia em que o filme estreia na Berlinale.

© Stefanie Loos / Reuters

"A Rota das Letras tem o prazer de anunciar que 'Cartas da Guerra' - filme que tem estreia mundial hoje no 66.º Festival de Cinema de Berlim - será exibido no primeiro dia do Festival Literário de Macau, marcando assim a estreia asiática do novo filme de Ivo M. Ferreira", anuncia o festival, em comunicado.

A longa-metragem baseia-se no livro "D'este viver aqui neste papel descripto - Cartas de guerra", editado em 2005 pelas filhas do escritor Maria José e Joana Lobo Antunes, com as cartas que António Lobo Antunes escreveu à primeira mulher, Maria José, no tempo em que foi destacado pelo exército, como médico, durante a guerra colonial em Angola, de 1971 a 1973.

Rodada a preto e branco, esta é a terceira longa-metragem de Ivo M. Ferreira, e conta no elenco com mais de quarenta atores, entre os quais Miguel Nunes (no papel de Lobo Antunes), Margarida Vila-Nova (Maria José), Ricardo Pereira, João Pedro Vaz e Simão Cayatte.

No mesmo comunicado, o Festival Literário de Macau dá também conta do cancelamento da presença do escritor dominicano e norte-americano Junot Díaz, vencedor do prémio Pulitzer, "por motivos pessoais".

A par desta ausência, a Rota das Letras anuncia a participação do escritor norte-americano Adam Johnson, vencedor do National Book Award de 2015 e do prémio Pulitzer em 2013 pelo livro "Vida Roubada" ("The Orphan Master's Son", no original), sobre a Coreia do Norte.

A quinta edição do Festival Literário de Macau - Rota das Letras vai decorrer de 05 a 19 de março e homenageará este ano o poeta português Camilo Pessanha, no 90.º aniversário da sua morte, em Macau, contando com a participação de Pacheco Pereira, Pedro Mexia e Rui Zink, entre outros.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.