sicnot

Perfil

Cultura

Museu de Auschwitz lança corretor para expressão "campo da morte polaco"

O museu do antigo campo de concentração nazi Auschwitz-Birkenau anunciou hoje o lançamento de uma aplicação para corrigir a expressão "campo polaco", usada frequentemente pelos 'media' estrangeiros para designar campos de morte instalados pelos nazis na Polónia ocupada.

O corretor "Remember", que pode ser descarregado em http://correctmistakes.auschwitz.org a partir da página digital do museu, procura num texto expressões como "campos de morte polacos" ou "campos de concentração polacos" e propõe uma fórmula historicamente correta.

De acordo com um comunicado do museu, este corretor é compatível com os editores de texto e sistemas informáticos mais difundidos, em 16 versões linguísticas. O número de línguas deve ser alargado em breve.

Esta iniciativa surge um dia depois do anúncio pelo governo conservador polaco da proposta de introdução de uma pena - de até cinco anos de prisão - pela utilização daquelas expressões. Nos últimos anos, Varsóvia pede sistematicamente a retificação destas expressões.

O projeto prevê a pena pela "atribuição pública, ignorando os factos, à República da Polónia ou à nação polaca de ter sido corresponsável" pelos crimes do III Reich.

Cerca de 1,1 milhões de pessoas, incluindo um milhão de judeus, foram assassinadas pelos nazis no campo de Auschwitz-Birkenau entre 1940 e 1945. As restantes vítimas foram sobretudo polacos não-judeus, ciganos e prisioneiros de guerra soviéticos.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.