sicnot

Perfil

Cultura

Leonor Teles ganha Urso de Ouro para curta-metragem

A realizadora portuguesa Leonor Teles venceu o Urso de Ouro para curta-metragem no Festival de Cinema Berlim, com o filme "Balada de um Batráquio".

© Fabrizio Bensch / Reuters

© POOL New / Reuters

O filme reflete sobre o uso de sapos de cerâmica como forma de xenófobia para com a etnia cigana em Portugal.

O filme reflete sobre o uso de sapos de cerâmica como forma de xenófobia para com a etnia cigana em Portugal.

A "curta" aborda a prática comum em Portugal do uso de sapos de cerâmica, por parte de lojistas e proprietários de cafés e restaurantes, de forma a evitarem a entrada nesses estabelecimentos de membros da comunidade cigana, que têm várias superstições ligadas ao animal.

Leonor Teles, que tem raízes ciganas por parte do pai, já se tinha focado nesta comunidade no primeiro filme, "Rhoma Acans", e confessou que a impotência sentida na primeira película inspirou-a a desenvolver uma nova abordagem, em "Balada de um Batráquio".

O filme competiu com outras 24 películas, incluindo uma outra portuguesa, "Freud und Friends", de Gabriel Abrantes.

A 66ª edição do festival de cinema de Berlim, que encerra no domingo, contou com a presença de oito filmes de produção portuguesa, três dos quais na competição oficial.

Outro filme português, "Rafa" de Joao salaviza, venceu este mesmo prémio em 2012.

Última atualização às 19:02

  • Paula Brito e Costa continua a trabalhar na Raríssimas

    País

    Depois de ter apresentado a demissão do cargo de presidente da Raríssimas, Paula Brito e Costa mantém-se a exercer funções na associação, apurou a SIC. Identifica-se agora como diretora-geral e já comunicou isso mesmo a alguns funcionários.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.