sicnot

Perfil

Cultura

Centenas de pessoas assistiram hoje ao funeral de Umberto Eco

Centenas de pessoas assistiram, esta terça-feira, ao funeral de Umberto Eco. Escritor, semiólogo e historiador que morreu, sexta-feira, aos 84 anos.

Umberto Eco, Escritor, semiólogo e historiador. (Arquivo/AP)

Umberto Eco, Escritor, semiólogo e historiador. (Arquivo/AP)

Sebastian Scheiner / AP

A cerimónia fúnebre teve lugar na cidade italiana de Milão e contou com a presença dos ministros da Educação e da Cultura, além dos autarcas de Milão e Turim.

Presente esteve o ator Roberto Benigni que fez questão de prestar uma última homenagem a Umberto Eco.

O escritor além de ter lecionado nas universidades norte-americanas de Yale e Harvard, é autor de uma vasta obra entre os livros mais conhecidos estão "O nome da Rosa".

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.