sicnot

Perfil

Cultura

Português é finalista dos Prémios Mundiais de Fotografia Sony

Uma fotografia na Patagónia chilena deu, a Adriano Neves, um lugar entre os finalistas dos Prémios Mundiais de Fotografia Sony, o único português em cerca de 270 representantes de mais de 60 países.

Adriano Neves

Adriano Neves é um dos dez finalistas da categoria Open Travel, com o tema Viagem, aberta a fotógrafos não profissionais.

Com os "Cuernos del Paine", dois picos das cordilheiras montanhosas do Parque Nacional Torres del Paine, refletidos sobre o lago Nordenskjöld, a fotografia foi feita ao início da manhã e o autor disse que se destacou pela "forte mensagem de serenidade, acompanhada também de uma complexidade visual que a torna bastante intrigante".

A fotografia foi captada durante uma viagem pela América do Sul, no ano passado, mas, para ter acesso a esta paisagem, Adriano Neves precisou de algum esforço.

"Para chegar a este local em concreto, acampámos junto ao lago Pehoé e arrancámos de madrugada, com muito poucas horas dormidas, para a zona da cascata Salto Grande e do lago Nordenskjöld".

Engenheiro Civil de formação, Adriano Neves é natural de Tomar e reside em Lisboa, assume como atividade profissional a fotografia, nas áreas de arquitetura e de viagem, sobretudo na vertente de paisagem.Já tinha sido selecionado no ano passado para a mesma competição e a sua fotografia, feita na Islândia, foi considerada a melhor entre candidatos portugueses, tendo ainda sido incluída nas 50 melhores da categoria Panorâmica.

A sua fotografia foi uma das 230.103 imagens submetidas a concurso por fotógrafos de 186 países, tendo Portugal quase duplicado, segundo a organização, o número de entradas relativamente a 2014.

O Vencedor é conhecido a 29 de março, mas só a 21 de abril é que se sabe se Adriano foi escolhido como Fotógrafo do Ano nas secções abertas a não profissionais e se ganhou os 5.000 dólares (4.538 euros) do respetivo prémio.

O resultado será anunciado numa gala em Londres, a par dos vencedores das categorias para profissionais, para jovens e para estudantes.

Entretanto, a fotografia de Adriano Neves fará parte de uma exposição dos Prémios Mundiais de Fotografia Sony, em Londres, de 22 de abril a 8 de maio, e será incluída na edição do livro que contém as melhores imagens da competição deste ano.

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44