sicnot

Perfil

Cultura

Taylor Swift doa 250 mil dólares a Kesha para ajudar a pagar processo contra produtor

A estrela pop Taylor Swift doou na terça-feira 250 mil dólares à também cantora Kesha para a ajudar a custear o processo judicial contra o seu produtor, Dr. Luke, a quem acusa de violação, informou a Billboard.

7. Blank Space - Taylor Swift.

7. Blank Space - Taylor Swift.

Reuters

A 19 de fevereiro, o Supremo Tribunal de Nova Iorque determinou que Kesha não pode gravar discos à margem do contrato que a vincula a Dr. Luke, que a cantora diz ter abusado "física e emocionalmente" dela.

Kesha afirmou, além disso, que Dr. Luke a drogou e a violou há uma década, acusações que o produtor musical negou.

A sentença teve eco nos meios de comunicação social e nas redes sociais, com várias artistas, como Lady Gaga, Ariana Grande, Lorde ou Demi Lovato a manifestarem publicamente o seu apoio a Kesha.

Na terça-feira ficou a saber-se que Taylor Swift doou 250 mil dólares a Kesha como apoio financeiro enquanto o processo judicial continua.

Nascida em 1987, em Los Angeles, Kesha estreou-se em 2010 com o álbum "Animal", que incluía êxitos como "Tik Tok", sendo que o seu último LP publicado é "Warrior" (2012).

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22