sicnot

Perfil

Cultura

Taylor Swift doa 250 mil dólares a Kesha para ajudar a pagar processo contra produtor

A estrela pop Taylor Swift doou na terça-feira 250 mil dólares à também cantora Kesha para a ajudar a custear o processo judicial contra o seu produtor, Dr. Luke, a quem acusa de violação, informou a Billboard.

7. Blank Space - Taylor Swift.

7. Blank Space - Taylor Swift.

Reuters

A 19 de fevereiro, o Supremo Tribunal de Nova Iorque determinou que Kesha não pode gravar discos à margem do contrato que a vincula a Dr. Luke, que a cantora diz ter abusado "física e emocionalmente" dela.

Kesha afirmou, além disso, que Dr. Luke a drogou e a violou há uma década, acusações que o produtor musical negou.

A sentença teve eco nos meios de comunicação social e nas redes sociais, com várias artistas, como Lady Gaga, Ariana Grande, Lorde ou Demi Lovato a manifestarem publicamente o seu apoio a Kesha.

Na terça-feira ficou a saber-se que Taylor Swift doou 250 mil dólares a Kesha como apoio financeiro enquanto o processo judicial continua.

Nascida em 1987, em Los Angeles, Kesha estreou-se em 2010 com o álbum "Animal", que incluía êxitos como "Tik Tok", sendo que o seu último LP publicado é "Warrior" (2012).

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.