sicnot

Perfil

Cultura

Metallica editam álbum ao vivo de concerto de 2003 no Bataclan

O grupo norte-americano Metallica vai editar, em abril, um álbum ao vivo, gravado em 2003 no Bataclan, em Paris, e as receitas das vendas reverterão para as vítimas do atentado ocorrido em novembro, naquela sala de espectáculos.

Felipe Dana

De acordo com a revista Rolling Stone, o álbum terá por título "Liberté, Egalité, Fraternité, Metallica!", regista um concerto da banda no Bataclan a 11 de junho de 2003 e será editado em abril, no âmbito do Record Store Day.

Os Metallica serão os embaixadores oficiais do Record Store Day, uma iniciativa anual que celebra a 16 de abril a existência das lojas de discos, e que muitos artistas aproveitam para fazer edições especiais ou de raridades.

A banda heavy metal decidiu que as receitas de venda daquele disco reverterão para a organização francesa de beneficiência Give for France, para apoiar as vítimas dos atentados de 13 de novembro, em Paris, um dos quais ocorrido dentro do Batclan.

Os atentados terroristas em Paris causaram 130 mortos e mais de 300 feridos. No Bataclan, onde atuavam na altura os Eagles of Death Metal, morreram 90 pessoas.

O Bataclan, uma das mais célebres salas de espectáculos de Paris, está encerrado para obras, devendo reabrir no final deste ano.

Lusa

  • Atropelamento em Copacabana fere 15 e mata bebé de 18 meses
    1:13

    Mundo

    Pelo menos uma pessoa morreu e 15 ficaram feridas num atropelamento na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no Brasil. O condutor, um homem de 41 anos, diz ter perdido o controlo do carro, invadiu a calçada, percorreu 15 metros e só parou no areal de uma das zonas mais turísticas do Brasil. A polícia militar confirmou, entretanto, em comunicado que não há qualquer indício de que se tenha tratado de um ataque terrorista e avançou que o condutor sofreu um ataque de epilepsia.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45
  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38