sicnot

Perfil

Cultura

"As cinquenta sombras de Grey" conquista Razzie de pior filme do ano

O filme "As cinquentas sombras de Grey" foi considerado no sábado o pior filme de 2015, na 36.ª edição dos Razzie, os prémios "anti-Óscar" de Hollywood.

Dakota Johnson e Jamie Dorman co-protagonizam as "50 sombras de Grey".

Dakota Johnson e Jamie Dorman co-protagonizam as "50 sombras de Grey".

Chuck Zlotnick / AP

"As cinquenta sombras de Grey" recebeu cinco Razzie e foi o filme com mais galardões na edição deste ano.

Jamie Dornan e Dakota Johnson foram considerados o pior ator e a pior atriz de 2015 pelo desemprenho em "As cinquenta sombras de Grey" e ainda levaram o prémio de "pior casal".

O filme também ganhou o Razzie para o pior guião.

No entanto, partilhou o título de pior filme de 2015 com "Quarteto Fantástico", que recebeu ainda o Razzie de pior realizador (Josh Trank) e de pior 'remake' ou sequela.

Por outro lado, Sylvester Stallone foi considerado o artista redimido do ano.

Stallone é o ator com mais nomeações na história dos Razzie, mas este ano é candidato a ganhar um Óscar, pelo papel em "Creed: O legado de Rocky".

Os Razzie são atribuídos anualmente, em Los Angeles, na véspera da cerimónia dos Óscares, os prémios de cinema dos Estados Unidos da América.

Os Óscares deste ano são atribuídos hoje à noite, também em Los Angeles, numa cerimónia que deverá refletir a polémica que perdura há várias semanas sobre questões raciais.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.