sicnot

Perfil

Cultura

Talkfest começa esta quinta-feira em Lisboa

A relação entre os festivais e o turismo, as questões de segurança ou de financiamento estarão em discussão no quinto fórum internacional Talkfest, dedicado aos festivais de música, que começa na quinta-feira em Lisboa.

"Em cinco anos, o Talkfest cresceu e este ano teremos mais de oitenta oradores, num programa mais concentrado em dois dias e com coisas a acontecer ao mesmo tempo (...) Queremos que o fórum seja um ponto de encontro sobre o que está a ser feito ao nível dos festivais", afirmou à agência Lusa um dos organizadores, Ricardo Bramão.

Este ano, o Talkfest transita do Instituto Superior de Economia e Gestão para o centro de reuniões da FIL, em Lisboa, coincidindo também com a BTL - a Feira Internacional de Turismo, e contará com dois dias de debates, seminários, conferências, apresentações científicas, feira de emprego e concertos.

O Talkfest, o único fórum dedicado exclusivamente à discussão sobre o panorama dos festivais de música em Portugal, contará este ano com produtores, jornalistas, diretores de festivais, responsáveis da Proteção Civil, diretores de comunicação de empresas associadas a festivais, gestores e músicos.

O fórum abrirá com o debate sobre financiamento, patrocínios e receitas próprias dos festivais, contando com outros painéis sobre a importância da notoriedade de uma marca associada a um evento, da cobertura por media online, a internacionalização da música, o envolvimento do turismo, a segurança e os sistemas de vigilância nos recintos.

Durante o Talkfest será ainda apresentada uma nova edição do "perfil do festivaleiro", que traça um retrato dos espectadores dos festivais de verão com base em inquéritos.

De acordo com dados preliminares adiantados à Lusa, os frequentadores de festivais gastaram entre 10 a 20 euros, frequentaram em média 2,7 festivais por ano e a maioria já foi ou tenciona ir a eventos de música no estrangeiro.

No âmbito do Talkfest serão ainda atribuídos, na quinta-feira, os Iberian Festival Awards, prémios que distinguem os melhores festivais de música de Portugal e Espanha e que contam este ano com a primeira edição.

Estes prémios reconhecerão os festivais em quase vinte categorias, abrangendo a dimensão, a sustentabilidade, o melhor cartaz e o melhor concerto, a cobertura mediática ou as infraestruturas.

Na categoria de melhor festival de grande dimensão, por exemplo, entre os dez nomeados estão apenas três eventos portugueses: O Festival Músicas do Mundo de Sines, o Musa Cascais e o FFM RFM.

As atuações dos Buraka som Sistema no Sudoeste, dos Clã nos Bons Sons, de Manel Cruz no Primavera Sound do Porto, de The Legendary Tigerman em Paredes De Coura e dos Xutos e Pontapés no Sol da Caparica estão nomeadas para melhor concerto ibérico.

Na cerimónia de entrega dos prémios atuarão os músicos João Gil, noiserv e Marisa Liz & Tiago Dias (Amor Electro).

Em parceria com o Talkfest, o Musicbox acolherá na quinta-feira concertos de Tó Trips, Benjamim e Pista.

Toda a programação pode ser consultada em talkfest.eu.

Lusa

  • Samaris suspenso por três jogos

    Desporto

    O internacional grego do Benfica Samaris foi castigado com três jogos de suspensão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, após ter sido instaurado um auto de flagrante delito por parte da Comissão de Instrutores.

    Em atualização

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.