sicnot

Perfil

Cultura

Saxofonista Kamasi Washington no Porto e em Lisboa em junho

O saxofonista Kamasi Washington, autor de um dos álbuns mais elogiados de 2015, vai passar por Portugal nos próximos dias 6 e 7 de junho, na Casa da Música, no Porto, e no Tivoli, em Lisboa, respetivamente.

(Reuters/Arquivo)

Em comunicado, a promotora Uguru anunciou os dois concertos, com preços a partir de 35 euros para o Porto e a partir 20 para Lisboa.

"Kamasi Washington é um fenómeno. E uma raridade. 'The Epic', o álbum que lançou o ano passado, recolheu elogios de toda a imprensa - da Pitchfork ao New York Times - e posicionou-se destacado nas listas de melhores registos do ano em todo o lado. Foi o melhor disco de jazz de 2015 para a Blitz, por exemplo", referiu a organização.

"The Epic", nas suas três horas de duração, foi um "álbum como nenhum outro lançado em 2015", escreveu o The Guardian que o colocou em oitavo na lista de melhores de 2015, enquanto a Pitchfork referiu que o álbum soa "a uma intervenção geracional, uma ferramenta educativa que amplia a definição de estilos que caem sob o que é 'classicismo de jazz'".

Para além do seu primeiro registo em nome próprio, Kamasi Washington também participou em "To Pimp a Butterfly", de Kendrick Lamar, mantendo ligações a nomes como Thundercat ou Erykah Badu.

Na semana passada foi anunciado que Kamasi Washington recebeu a edição inaugural do American Music Prize para melhor álbum de estreia, tendo o artista dito que despejou a sua "alma e coração" no disco.

"A celebração da música, da arte e da criatividade é tão importante. (...) Estou cheio de entusiasmo e verdadeiramente inspirado para o que o futuro reserva", disse Washington em reação ao prémio, citado pela organização do galardão.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41