sicnot

Perfil

Cultura

Escritora britânica Anita Brookner morre aos 87 anos

A escritora britânica Anita Brookner, reconhecida historiadora de arte e que ganhou um prémio Booker, morreu aos 87 anos, informou hoje o diário The Times.

Brookner conquistou o galardão literário Booker em 1984 com o romance "Hotel du Lac", um dos 25 livros que escreveu após uma destacada carreira como historiadora.

Segundo o jornal, a escritora morreu quando dormia no passado dia 10.

Nascida em Londres em 1928, Brookner escreveu vários livros sobre arte nos anos 1960 e 1970, centrando-se depois na ficção, sobretudo em temas que exploram o isolamento social através de protagonistas femininas.

"Foi uma escritora maravilhosa que tinha uma prosa lúcida e bonita. Foi um ícone do meu tempo", assinalou a escritora Jilly Cooper, famosa no Reino Unido devido aos seus romances românticos.

Filha de polacos judeus que ajudaram refugiados a escaparem da perseguição de nazis na II Guerra Mundial, Anita Brookner foi professora de arte na Universidade de Cambridge e também deu aulas no Instituto de Arte Courtauld.

O seu primeiro romance, "A start in life", foi publicado em 1981 e desde então escreveu quase um livro por ano. O último, "At the hairdresser's", saiu em 2011.

Além do romance com que ganhou o Booker, "Hotel do Lac", foram editados em Portugal outros livros da escritora como "Desconhecidos", "A Baía dos Anjos", "Visitas", "As Regras do Compromisso" e "Fraude".

Em 1990, a rainha Isabel II atribuiu-lhe a medalha de Comandante do Império Britânico.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.