sicnot

Perfil

Cultura

Sony compra parte de Michael Jackson no maior catálogo musical do mundo

A Sony informou hoje que vai adquirir a participação de 50% que o falecido Michael Jackson detinha na Sony/ATV, o maior selo da edição musical do mundo.

© Reuters Photographer / Reuter

A multinacional e os gestores do património de Michael Jackson acordaram a aquisição por parte da Sony Entertainment, o ramo de conteúdos audiovisuais da Sony, de 50% da sociedade, num negócio avaliado em cerca de 750 milhões de dólares (pouco mais de 675 milhões de euros).

Jackson, falecido em 2009, ficou com o catálogo em 1984 e a Sony propôs-lhe, uma década mais tarde, comprar metade do mesmo mediante a fusão da ATV e da Sony Music.

A Sony estabelece-se assim como a única proprietária do gigantesco catálogo, que inclui material de quase todos os grandes artistas musicais das últimas décadas, desde os Beatles e Rolling Stones até Rihanna ou Taylor Swift.

O grupo japonês decidiu em setembro do ano passado acionar uma cláusula que constava do contrato que dava a opção, a cada uma das partes, de ficar com a totalidade da sociedade.

"Esta aquisição permitirá à Sony adaptar-se mais rapidamente às mudanças no negócio da edição musical", explicou o conselheiro delegado da Sony Entertainment, Michael Lynton, em comunicado.

Ambas as partes concretizarão o acordo alcançado hoje a 31 de março, segundo o texto.

Lusa

  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.