sicnot

Perfil

Cultura

Divulgadas imagens da arma com que Kurt Cobain se suicidou

A polícia de Seattle divulgou fotos da arma usada por Kurt Cobain para se suicidar, há mais de 20 anos. Mike Ciesynski, detetive responsável do caso, surge nas imagens a segurar a espingarda de calibre 20, em diferentes ângulos. Desconhece-se ainda o motivo que levou à divulgação das imagens.

Seattle Police via AP

Seattle Police via AP

As fotos foram tiradas em junho de 2015, só foram colocadas nos ficheiros informáticos da polícia de Seattle no início deste mês e são agora tornadas públicas. Não se sabe porque é que a arma foi fotografada no ano passado e porque razão as fotografias são agora publicadas na Internet.

Em 2014, assinalam-se os 20 anos da morte do músico. Nessa altura, o caso foi revisto pelo detetive Ciesynski que considerou não existirem novas informações que viessem alterar o veredicto que sempre deu como certo o suicídio de Kurt Cobain.

No início de abril de 1994, com apenas 27 anos, o vocalista dos Nirvana, banda de referência do grunge, pôs fim à vida com um tiro de espingarda. O corpo foi encontrado no dia 8 desse mês. De acordo com a investigação, antes do disparo Kurt Cobain tinha consumido uma grande dose de heroína.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.