sicnot

Perfil

Cultura

Armani deixa de usar pele de animais

Giorgio Armani concordou em deixar de usar pele de animais na confeção das suas roupas. A empresa de moda italiana já não vai usar peles na coleção outono/inverno de 2016.

© Max Rossi / Reuters

A Humane Society International, que defende a proteção dos animais em todo o mundo, considera que esta mudança é provavelmente a mais poderosa mensagem dada até agora de que o uso dos animais nunca será "fashion".

O Grupo Armani junta-se agora a várias marcas como Hugo Boss, Calvin Klein, Tommy Hilfiger e Ralph Lauren, na troca para as alternativas sintéticas.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.