sicnot

Perfil

Cultura

Retrospetiva de Paul Verhoeven no festival de cinema Indie Lisboa

Entre os 289 filmes programados para o festival de cinema independente IndieLisboa, em abril, haverá uma retrospetiva de Paul Verhoeven, 40 filmes portugueses e o regresso de vários cineastas, anunciou a organização.

A um mês da abertura do 13º IndieLisboa, a organização apresentou hoje o programa, que faz "um retrato do ano cinematográfico independente, com muita produção inédita, em particular no cinema português", como descreveu Nuno Sena.

Entre os 4.500 filmes visionados, foi possível "encontrar um fio condutor na gigantesca produção contemporânea", afirmou.

Depois de terem sido alvo de retrospetivas, o realizador norte-americano Whit Stillman e a cineasta francesa Mia Hansen-Love voltam a ter destaque no IndieLisboa, com honras de abertura e fecho do festival.

Whit Stillman estará em Lisboa para apresentar, na abertura, o filme "Love & Friendship", a partir de uma história de Jane Austen. O IndieLisboa terminará com "L'avenir", que valeu este ano a Mia Hansen-Love o prémio em Berlim de melhor realização.

O realizador holandês Paul Verhoeven será um dos homenageados este ano no festival, na secção "Herói Independente", na qual haverá hipótese de conhecer de forma abrangente uma fi\lmografia para lá dos conhecidos "Instinto fatal" ou "Robocop".

Paul Verhoeven foi escolhido "por razões autorais, por uma ideia de cinema que resiste a pressões externas", disse Nuno Sena.

Outro "herói independente" e que estará presente no IndieLisboa será o ator e realizador francês Vincent Macaigne. De regresso estará também o cineasta Jean-Gabriel Périot, em foco na secção "Silvestre".

Entre os quase 300 filmes selecionados, 40 são portugueses, a maioria em estreia mundial. Desses 40, dez são longas-metragens, entre as quais "Treblinka", de Sérgio Tréfaut, "Cartas de guerra", de Ivo M. Ferreira, "O cinema, Manoel de Oliveira e eu", de João Botelho, e "Operação Angola: Fugir para Lutar", de Diana Andringa.

"É uma edição com um cunho marcadamente português", disse Nuno Sena.

A competição internacional conta com vários filmes portugueses: "Olmo e a gaivota", de Petra Costa e Lea Glob, "Balada de um batráquio", de Leonor Teles, "Ascensão", de Pedro Peralta, "Viktoria", de Mónica Lima, e "Chatear-me-ia morrer tão joveeeeem...", animação de Filipe Abranches.

Na secção "Indie Music" haverá filmes sobre Janis Joplin, Sharon Jones, sobre os portugueses Parkinsons. Também será mostrado "Tecla tónica", nova incursão de Eduardo Morais pela música portuguesa.

A secção IndieJúnior é dedicada aos mais novos.

Marcado para decorrer entre 20 de abril e 01 de maio na Culturgest, São Jorge, Cinemateca e Cinema Ideal, o 13º IndieLisboa tem cerca de um milhão de euros de orçamento, semelhante a 2015.

Lusa

  • Explosão no aeroporto de Damasco

    Mundo

    Uma explosão de grandes dimensões atingiu, esta manhã, o aeroporto de Damasco, na capital Síria. O ataque terá sido realizado pelas forças israelitas.

    Em atualização

  • Habitantes de Almeida barricaram-se durante seis horas em agência da CGD
    2:31

    País

    Perto de 100 pessoas estiveram esta quarta-feira barricadas na agência da Caixa Geral de Depósitos em Almeida, distrito da Guarda. O protesto contra o encerramento da agência só terminou quase seis horas depois, com a garantia que os autarcas serão recebidos na próxima terça-feira pela Administração do banco público. 

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Papa apelou à revolução da ternura
    0:52
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • Diário de John F. Kennedy vendido por 660 mil euros

    Mundo

    Um diário escrito por John F. Kennedy quando jovem, durante uma curta passagem pelo jornalismo, depois da II Guerra Mundial, foi vendido por mais de 700 mil dólares (642 mil euros), informou esta quarta-feira uma casa de leilões.