sicnot

Perfil

Cultura

Morreu a arquiteta britânico-iraquiana Zaha Hadid

A arquiteta britânica de origem iraquiana Zaha Hadid, primeira mulher distinguida com o prémio Pritzker, a mais alta distinção na arquitetura, morreu hoje num hospital de Miami, nos Estados Unidos, anunciou o seu atelier em Londres.

© Andrew Innerarity / Reuters

"É com grande tristeza que a Zaha Hadid Architects confirma que Zaha Hadid morreu subitamente em Miami às primeiras horas desta manhã", lê-se num comunicado.

O texto precisa que a arquiteta, 65 anos, foi diagnosticada com uma bronquite dias antes e que sofreu um ataque cardíaco durante o tratamento no hospital.

"Zaha Hadid era amplamente considerada como a mais importante mulher arquiteta do mundo de hoje", afirma ainda o texto.

Hadid foi galardoada em 2004 com o prémio Pritzker, conhecido como "o Nobel da Arquitetura", que distingue anualmente um arquiteto que melhor cumpra os princípios enunciados pelo fundador da arquitetura clássica, Vitrúvio: solidez, beleza e funcionalidade.

Foi também a primeira mulher a receber a medalha real para a Arquitetura, em 2015, depois de Jean Nouvel, Frank Gehry e Oscar Niemeyer.

Nascida em Bagdad em 1950, estudou matemática na American University de Beirute e formou-se em 1977 na Architectural Association de Londres.

Zaha Hadid, que abriu o seu atelier em 1979, assinou nomeadamente as Óperas de Cantão, na China, e de Cardiff, no País de Gales, e o complexo de piscinas do estádio olímpico de Londres.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.