sicnot

Perfil

Cultura

Músico processa Royal Opera House por problema auditivo irreversível

Um músico processou a Royal Opera House, em Londres, considerando que lhe arruinou a carreira ao colocá-lo durante os ensaios à frente da secção de metais, o que lhe causou um problema auditivo irreversível.

© Reuters Photographer / Reuter

Chris Goldscheider, que toca viola de arco, alega que em 2012 o seu ouvido ficou "irremediavelmente danificado" durante os ensaios musicais para preparar a ópera "A Valquíria" de Richard Wagner, "devido ao facto da secção de metais estar colocada" atrás de si, de acordo com o processo.

O som a que o músico esteve exposto durante as sessões de ensaio chegou a alcançar uma intensidade de 137 decibéis, o equivalente ao de um motor de um avião.

De acordo com a BBC, citada pela agência noticiosa espanhola EFE, a queixa refere que o ruído causou ao músico um dano traumático permanente.

Filho de um compositor, Goldscheider ensaiava até seis horas por dia desde os 10 anos. Músico profissional há 25 anos, tocou na Filarmónica de Liverpool e nas Orquestras Sinfónicas da BBC antes de se juntar à Royal Opera House em 2002.

"A música constituía o meu rendimento. Era tudo para mim", afirmou o músico, de 46 anos.

A Royal Opera House negou a sua responsabilidade, embora cerca de um quarto dos 100 músicos da orquestra tenha relatado problemas auditivos ocasionais.

Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.