sicnot

Perfil

Cultura

Filme "Batman V Super-Homem" tem tecnologia áudio criada em Leiria

O filme "Batman V Super-Homem: O Despertar da Justiça", em exibição nas salas de cinema portuguesas, utilizou uma tecnologia áudio desenvolvida pelo docente do Instituto Politécnico de Leiria Nuno Fonseca.

O áudio deste novo filme da Warner Bros. Pictures recorreu a um "software" com um sistema de partículas desenvolvido por Nuno Fonseca, docente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, refere o politécnico em nota de imprensa.

Segundo o comunicado, "esta nova tecnologia tem capacidade para lidar com milhares de sons em simultâneo e é especialmente vocacionada para grandes produções cinematográficas", tendo sido já utilizada em filmes como o 'remake' do "Poltergeist", "The Forest", "The Walk", "Steve Jobs", e agora neste "Batman V Super-Homem".

Esta tecnologia está também a ser usada em algumas "superproduções" com estreias marcadas para este ano. "Com esta nova tecnologia, o computador consegue criar e gerir milhares de sons em simultâneo, conseguindo um resultado muito mais realista e com muito menos trabalho", explica Nuno Fonseca citado na nota de imprensa.

O "software" está a ser testado em todos os principais estúdios de pós-produção áudio a nível mundial, como Skywalker Sound, Sony Pictures, Warner Bros., Universal, 20th Century Fox, Technicolor (Paramount Studios), Formosa, Pinewood (UK), e desde outubro, passou igualmente a ser testado no Park Road Post, o estúdio de pós-produção de Peter Jackson, na Nova Zelândia.

O novo filme "Batman V Super-Homem: O Despertar da Justiça" é já considerado um dos mais caros da história do cinema, e conta com a participação de atores como Ben Affleck, Amy Adams, Henry Cavill, Jesse Eisenberg, Jeremy Irons, Kevin Costner, entre outros.

Nuno Fonseca é coordenador da licenciatura em Jogos Digitais e Multimédia do Politécnico de Leiria e professor no departamento de Engenharia Informática da ESTG.

É professor convidado da Escola Superior de Música de Lisboa e membro do "Technical Committee on Sound for Digital Cinema & Television" da Audio Engineering Society, e membro da "Society of Motion Pictures & Television Engineers".

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.